Professores da rede estadual encerram greve

Proposta do Sintepe foi aprovada após votação acirrada (Foto: Vitor Tavares/G1)

Após proposta realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe), a greve dos professores foi suspensa até pelo menos 21 de maio, quando deve ocorrer uma nova assembleia. Dessa forma, os docentes voltam às salas de aula, mas ficam em estado de greve, retomando rodadas de negociação com o governo de Pernambuco. A decisão foi tomada após assembleia, nesta segunda-feira (4), no Centro de Convenções, em Olinda, Grande Recife. A proposta teve votação acirrada. Os profissionais estavam de braços cruzados há 24 dias.

De acordo com o Sintepe, a entidade recebeu, no fim da manhã desta segunda, um documento do governo estadual sobre compromissos que seriam assumidos pela administração com a categoria, caso o movimento fosse suspenso. Dentre as medidas, estaria a publicação de uma portaria, na próxima quarta (6), tornando sem efeito os descontos efetivados pelas faltas dos professores grevistas; a punição dos docentes temporários; e a transferência dos 15 docentes de escolas de referência no Estado.

“Às vezes precisamos retroceder um pouco, para avançar mais. A proposta do sindicato de suspender a greve é para continuar a negociação e alcançarmos os objetivos. O governo também recuou em comparação à sua primeira posição”, disse Fernando Melo, presidente do Sintepe.

Como a votação foi apertada, muitos que queriam a continuação da greve saíram frustrados. O professor Mateus Toledo, que representou a proposta de greve na deliberação, contou que o grupo segue junto à base, buscando apoio de mais professores, porque foram eles que estimularam a greve. “Qualquer greve sempre tem seu fim. Do jeito que foi, voltamos à estaca zero, mas vamos seguir unidos, acompanhando a negociação”, afirmou.

Retomada das negociações
Com o fim da paralisação, as reuniões de negociação serão retomadas na quinta (7). O governo também se comprometeu em apresentar uma nova proposta financeira com impacto no primeiro semestre. Antes, a Secretaria de Administração iria avaliar as contas estaduais apenas em junho, quando fossem mostrados os resultados financeiros do primeiro quadrimestre.

Na sexta-feira (8), os professores têm reunião marcada  com a Procuradoria-Geral do Estado, para tratar da multa de R$ 80 mil aplicada ao sindicato por cada dia parado. Antes, na quinta, será definida com o governo o cronograma para a reposição das aulas.


Pernambuco confirma primeira morte por dengue

Doença é transmitida pelo Aedes aegypti/ Alexandre Gondim/ JC Imagem

 

Boletim divulgado há pouco pela Secretaria de Saúde de Pernambuco confirma a primeira morte do ano causada por dengue. Trata-se de um morador de Paulista, de 37 anos, que faleceu em abril. Outros 17 óbitos estão em investigação no Estado, que registrou desde janeiro 30.501 casos suspeitos da doença, 31 com agravamento.

Segundo Claudenice Pontes, coordenadora estadual de combate à dengue, o número de casos registrados desde janeiro já é  469,9% maior que o do mesmo período de 2014.  No Recife são 7.234 pessoas com sintomas da infecção e a elevação comparada ao ano anterior supera os 800%.

No ano passado, mesmo com número de casos muito inferior, Pernambuco já havia confirmado mais mortes nessa época (19). Claudenice admite que a variação mas leve da dengue, agora em 2015, pode ser responsável pela menor frequência de óbitos, mas lembra que o processo de confirmação é demorado.

Entre os municípios com maior incidência de casos gerais da doença, estão cidades do Sertão, Agreste e até o Arquipélago de Fernando de Noronha.

Conheça a lista de municípios mais incidentes (número de casos por 100 mil habitantes), divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde: Itapetim (2.107,54), Sanharó (1.510,83), São José do Egito (1.298,66), Venturosa (1.188,72), Arq. Fernando de Noronha (1.109,57), Limoeiro (1.066,81), Vertentes (1.059,84), Goiana (988,67), Pedra (953,31), Condado (905,12), Calumbi (887,11), Ingazeira (832,79), Iguaraci (817,03),Surubim (754,84), Itaquitinga (748,68), Camaragibe (713,82), Belo Jardim (704,92), Itambé (639,89), Jataúba (608,23), Casinhas (606,10), Taquaritinga do Norte (595,85), Tuparetama (589,75), Toritama (548,31), Macaparana (538,07), Santa Cruz do Capibaribe (528,06), Lagoa do Carro (510,23), Santa Cruz da Baixa Verde (479,36), Brejinho (468,92), Afogados da Ingazeira (462,42), Pesqueira (457,66), Carpina (431,45), São Bento do Una (431,23), Alagoinha (428,07), Timbaúba (427,16), Vitória de Santo Antão (426,33), Buenos Aires (423,92), Ipojuca (413,79), Tabira (378,00), Itacuruba (361,70), Iati (358,61), Betânia (344,36), Igarassu (332,68), Moreno (314,39) e Santa Terezinha (302,48).


Funcionários do Banco do Brasil poderão trabalhar de casa

O Banco do Brasil aderiu ao home office. Na semana passada, nove funcionários da área de tecnologia do banco, no Distrito Federal e em São Paulo, receberam autorização para trabalhar de casa. A proposta ainda é experimental, mas a ideia é que, até o fim do primeiro semestre, 100 trabalhadores cumpram suas jornadas fora do escritório. Além da diretoria de tecnologia, funcionários da diretoria de operações também serão contemplados. As áreas de recursos humanos e de mercado de capitais avaliam se vão aderir ao chamado “teletrabalho”.

O principal objetivo é reduzir custos estruturais. Para afastar o fantasma da queda na produtividade – uma questão recorrente quando o assunto é home office -, o banco determinou que as metas para esses servidores sejam 15% superiores às dos demais. No máximo, 50% de cada equipe poderá trabalhar de casa. Está previsto um revezamento entre os funcionários.

O público preferencial são mulheres e pessoas com deficiência. O servidor só pode exercer a função em casa se a área responsável pela segurança do trabalho certificar o lugar. Os gestores também receberam capacitação para acompanhar o cumprimento das metas.

Mesmo de casa, os funcionários terão de bater ponto e cumprir a mesma carga horária.

Além disso, devem comparecer ao banco um dia por semana e precisam manter telefones sempre ligados e consultar diariamente o e-mail. Os funcionários não podem se ausentar de onde estão lotados e precisam atender às convocações para comparecer ao banco.

O diretor de Gestão de Pessoas do BB, Carlos Alberto Araújo Netto, diz que o banco levou em conta experiências do setor público (Tribunal de Contas da União, Tribunal Superior do Trabalho e Universidade de Brasília) e de empresas privadas, como Citibank e Oi. “A ideia é dialogar com as características de cada funcionário e abrir a possibilidade para o novo.”

O projeto é facultativo, a critério da conveniência e oportunidade do banco. Ou seja, não é um direito do trabalhador. Da mesma forma, a adesão ou retorno é uma opção do servidor. O home office é restrito às funções em que seja possível mensurar objetivamente o desempenho do servidor sem a necessidade da presença física. Não é o caso da maioria dos 112 mil funcionários do BB – os 65% que exercem suas funções nas agências espalhadas em todo o País.

Para selecionar os primeiros nove funcionários que iriam trabalhar de casa, o banco fez um processo seletivo com 40 candidatos. Os sindicatos receberam bem a proposta, mas querem acompanhar o impacto na vida dos trabalhadores.

Segundo o professor de administração pública da Universidade de Brasília (UnB), José Matias-Pereira, o sistema de home office pode elevar a produtividade em até 20%. “É importante para melhoria na oferta de serviços públicos e redução de custos.” Ele acredita que, se a experiência do BB for bem-sucedida, o modelo deve ser expandido para outras empresas públicas.


Ângelo participa de reunião em Tuparetama

O deputado estadual Ângelo Ferreira participou neste domingo (03) de uma reunião organizada pelo ex-prefeito Sávio Torres na cidade de Tuparetama.

Na reunião foi apresentada mais uma adesão ao grupo político de Torres, o médico Dr. Renato Granjeiro que anunciou recentemente o rompimento com o atual prefeito.

Há algumas semanas o grupo recebeu outro importante apoio, o do vice-prefeito Ivaí Cavalcante, fortalecendo cada vez mais o nome de Sávio Torres para disputar as eleições municipais do próximo ano.

 


Sertânia: Vivente Nery é a atração do aniversário da cidade

A prefeitura de Sertânia ainda não divulgou oficialmente, mas já circula nas redes sociais que o cantor Vicente Nery será a grande atração da festa de emancipação política do município.

Tradicionalmente realizada no dia 23 de maio (véspera do feriado), este ano a festa na Praça de Eventos será no domingo, dia 24 de maio.


Eleitor que não votou nas três últimas eleições tem até hoje (04) para regularizar título

Foto: reprodução internet.

 

Os eleitores que faltaram ou não justificaram a ausência em três eleições seguidas tem até a próxima segunda-feira (4) para solicitar a regularização da inscrição junto ao cartório eleitoral e à Central de Atendimento ao Eleitor da Capital (CAEC), no Forte das Cinco Pontas. Quem não corrigir a situação poderá ter o título cancelado.

A regularização pode ser feita em qualquer cartório eleitoral. O Tribunal Regional Eleitoral alerta que cada turno é válido como uma eleição.

As implicações para quem não regularizar a situação com a Justiça Eleitoral são diversas, entre elas: impedimento para tirar passaporte, candidatar-se a concurso público, se matricular em instituições de ensino, ou ainda, participar de programas de benefícios sociais, como o Bolsa Família.

Para consultar se o seu documento está sujeito ao cancelamento, o eleitor pode acessar o Portal do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco no caminho Eleitor>Situação Eleitoral.


Rua Santa Rita: esgoto tira o sossego dos moradores

CAOS E ABANDONO: MORADORES RECLAMAM DE ESGOTOS ESTOURADOS EM RUAS DE SERTÂNIA (COM VÍDEO)

Um esgoto estourado esta deixando os moradores da Rua Santa Rita indignados, pois há muito tempo sofrem com esse problema e, segundo os próprios moradores, a prefeitura de Sertânia já foi comunicada e não conseguiu resolver a situação já que mal termina o serviço e o esgoto estoura de novo. “É assim em várias ruas de Sertânia, são esgotos estourados jorrando fezes e lama para todos os lados, e não adianta reclamar, pois já virou piada”, disse um dos moradores das imediações da rua Santa Rita, onde existe um esgoto jorrando fezes e lama para todos os lados.

A imprensa sertaniense já veiculou várias denúncias de esgotos estourados pelas ruas de Sertânia e observa-se que quando há alguma providência, ela vem de forma paliativa e tímida, pois em pouco tempo é fácil constatar que os esgotos estouram de novo.

Informações: Tribuna do Moxotó


Proposta de Gonzaga Patriota altera idade para concorrer a cargos públicos

a106

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB/PE) informou que já conseguiu reunir mais de 250 assinaturas a favor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altera a redação dos artigos 14 e 228 da Constituição Federal, para estabelecer a plena maioridade civil e penal aos dezesseis anos de idade.

 De acordo com a proposta, a maioridade é atingida aos dezesseis anos a partir da qual a pessoa é considerada plenamente imputável e capaz de exercer plenamente todos os atos da vida civil.

 A PEC 25 institui, entre outros pontos, o voto obrigatório aos 16 anos; permite a eleição para candidatos em idade menor da prevista atualmente, ou seja, autoriza a Justiça Eleitoral a receber candidaturas de cidadãos e cidadãs com idade mínima diferente da estabelecida hoje, uma vez constatada a sua capacidade e maturidade para exercer tais cargos.

 De acordo com o texto da PEC, com 30 anos de idade o cidadão já poderá concorrer ao cargo de Presidente da República; 25 anos ao cargo de governador e vice-governador; aos 18 anos para o cargo de deputado federal, estadual ou distrital, prefeito, vice-prefeito e juiz de paz e, por fim, aos 16 anos concorrer ao cargo de vereador.

 Segundo Patriota, as leis no Brasil precisam acompanhar a realidade dos fatos e se atualizar com eficiência. O socialista explica o que a PEC pretende ao propor a plena maioridade penal e civil aos cidadãos com 16 anos de idade, conferindo-lhes direito ao permitir que pratiquem pessoalmente todos os atos de sua vida civil, como contrair casamento, celebrar contratos, postular em juízo, obter Carteira Nacional de Habilitação, concorrer a concurso público, votar obrigatoriamente aos 16 anos, concorrer a cargos públicos, dentre outros.

 “É inegável que o cidadão dessa idade está plenamente preparado e amadurecido para a maioridade penal e civil e, portanto, para conquistar a vida adulta com seus direitos e responsabilidades. É evidente que todos devem ter a consciência de se submeter as obrigações previstas nas leis, suportando as sanções decorrentes de sua transgressão”, argumentou o deputado.

 Gonzaga Patriota ainda afirmou que cabe aos governantes desempenhar na prática o papel da “prática educadora”, que até o momento tem sido apenas um slogan vazio; melhorar as condições das prisões, atualmente impróprias para qualquer ser humano; instituir de fato uma política de ressocialização que proporcione educação, capacitação e humanização, além de trabalhar o fim da superlotação dos presídios, que estão em situação de calamidade.


Servidores do Estado vão ao Palácio e também ameaçam parar

O Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Estado (SINDSERPE) foi recebido pelo chefe do gabinete da Casa Civil de Pernambuco, Guilherme Rocha, na manhã desta quarta (29), durante o ato público realizado pelos servidores das autarquias, fundações e secretarias, em frente ao Palácio do Governo.

Uma comissão formada por diretores do sindicato protocolou e ratificou a pauta de reivindicação da categoria da Campanha Salarial 2015, já entregue anteriormente à SAD, no último dia 1º de abril.

O presidente do SINDSERPE, Renilson Oliveira, disse que ‘exigiu’ respostas conclusivas para diversos pontos da pauta, no dia 06 de maio, em mesa de negociação específica.

A categoria decidiu durante a mobilização que, se não houver avanço nas negociações, podem ocorrer movimentos paredistas em todo o Estado de Pernambuco, a serem deliberados na próxima assembleia da categoria, a ser realizada no próximo dia 13 de maio.

“Durante o ato, os funcionários públicos denunciaram o descaso do Estado com a categoria que sofre sem condições dignas de trabalho. Na ocasião também entregaram uma carta aberta à população, chamando a atenção para a falta de compromisso do Governo com quem faz o Estado: o servidor público”.

A manifestação contou com servidores lotados na Região Metropolitana e Interior, entre eles Timbaúba, Carpina, Ribeirão, Caruaru, Garanhuns.

“A categoria enfrenta 7 anos de congelamento do vale refeição (R$7,00), servidores do Interior sem vale transporte para trabalhar, tabela salarial começando abaixo do mínimo (R$ 745,00)”, dizem.


Prefeitura de Arcoverde nega que já tenha programação de São João definida

A prefeitura de Arcoverde informou em nota que não existe nenhuma programação oficial do São João 2015. “Existem apenas contatos com artistas e não contratos. Quando de fato tudo estiver fechado, a prefeitura de Arcoverde lançará de forma oficial a grade com todas as atrações do evento, que esse ano acontece entre os dias 19 e 28 de junho”.

A prefeitura fechou como data provável o dia 20 de maio. “Porém, é também possível que, antes disso, atrações possam ser anunciadas de forma pontual”. Segundo a prefeitura, suposta programação que está sendo ventilada nas redes sociais são “falaciosas”. A nota saiu depois que começaram a supostos vazar nomes principalmente no Facebook.

Este ano, “o Reino do Baião na Capital do São João” fará homenagem a quatro forrozeiros nativos, cada um deles com uma noite específica e um forrozeiro convidado (a exemplo de Santana, Petrúcio Amorim) e a participação especial de mais um forrozeiro da cidade.

“O importante é que todos os forrozeiros nascidos em Arcoverde possam ser homenageados, independente, inclusive, do polo em que se apresentem. Em resumo, todos serão citados e efetivamente homenageados”, conclui em nota


Divulgado resultado preliminar da 1ª etapa para seleção de professores

A Secretaria Estadual de Educação divulgou, nesta segunda-feira (27), o resultado preliminar da primeira etapa de seleção para contratação temporária de 315 professores de Língua Portuguesa e 323 professores de Matemática que atuarão em atividades de fortalecimento das aprendizagens no Ensino Médio e no Ensino Fundamental anos finais.

A partir desta terça-feira (28) até quinta-feira (30), os candidatos que desejarem apresentar recursos deverão comparecer pessoalmente, apresentando documento escrito e protocolado, à Gerência Regional de Educação – GRE, nos endereços constantes do Anexo VIII, de acordo com o local para o qual concorreu.

Conforme calendário disposto no Anexo IX do Edital, os candidatos selecionados nesta primeira etapa, após período de recursos, serão convocados para a etapa de Avaliação Pedagógica. Acesse aqui a lista dos classificados.

A Seleção Pública Simplificada será válida por 12 meses, prorrogável por igual período, a partir da data de homologação do seu resultado final. Já a contratação temporária terá validade de até seis meses, prorrogável por igual período, observado os termos da Lei Estadual N° 14.547, de 21 de dezembro de 2011.

Do total de vagas ofertadas por função, 3% ou, no mínimo, uma vaga será reservada para pessoas com deficiência.

Atenção! Os candidatos que precisarem solicitar informação ou entregar documentação nas Gerências Regionais de Educação de Barreiros e Palmares, os endereços mudaram para os seguintes:

Mata Sul – Palmares: Rua da Palma, 65, Bairro Centro – Palmares – PE – CEP: 55.540-000. Fone: (81) 3662-0146

Litoral Sul – Barreiros: Praça Estácio Coimbra, 47, Bairro Centro – Barreiros – PE – CEP: 55.560-000. Fone: (81) 3675-5716

Tem_Tudo_maes


Dilma desiste de pronunciamento na TV no 1º de Maio

Após ter sido alvo de um “panelaço” em diversas cidades do País quando falou pela última vez em cadeia de rádio e TV, no dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, a presidente Dilma Rousseff desistiu de fazer o tradicional pronunciamento à Nação no 1º de Maio, Dia do Trabalho.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (27), durante reunião da presidente com o seu núcleo político. Desde que assumiu o primeiro mandato, em 2011, esta será a primeira vez que Dilma não se dirigirá aos trabalhadores na data. A comunicação será feita via redes sociais, mas o modelo a ser usado ainda vai ser definido.

Apesar da decisão inédita, o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, negou que a presidente tenha desistido de ir à TV por temor de que haja novos panelaços. O episódio precedeu os atos do “Fora Dilma” de 15 de março.

“A presidenta não teme nenhum tipo de manifestação da democracia. Toda manifestação que é oriunda da construção de um Brasil democrático a presidenta não tem temor com isso”, disse Edinho. “A presidente vai dialogar com o trabalhador pelas redes sociais.”

Segundo o ministro, a necessidade de uma nova estratégia de comunicação foi “unânime”. “A presidenta só está valorizando um outro modal de comunicação. Ela já valorizou as rádios, valoriza todos os dias a comunicação impressa, ela valoriza a televisão e ela resolveu, desta vez, valorizar as redes sociais”, afirmou o ministro, escalado para falar ao final da reunião no Palácio do Planalto.

Na avaliação de integrantes do governo, conforme relatos colhidos pelo Estado, não havia anúncio de medidas a serem feitas, caso Dilma se optasse pelo pronunciamento, o que poderia ser um motivo a mais para reacender a reação negativa contra o governo.

A última vez que um presidente não foi à TV para falar no Dia do Trabalhador foi em 2009, quando o ex-presidente Lula optou por comparecer a uma cerimônia alusiva à data, no Rio de Janeiro.

Em 2003, no seu primeiro ano de governo, Lula também não foi à TV, mas esteve presente à uma missa em homenagem aos trabalhadores, em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Lula usava bem menos a estratégia dos pronunciamentos que Dilma. Em quatro anos e quatro meses de governo, a presidente já igualou o número de pronunciamentos dos oito anos do Lula.

Lula
Nesta segunda-feira (27), Dilma se reuniu por cerca de duas horas com Lula em um hotel de São Paulo. Dilma chegou à capital paulista pouco antes das 14 horas, após visitar a região de Xanxerê (SC), que foi atingida por um tornado na semana passada.

Antes de deixar Xanxerê, a própria presidente disse que iria fazer uma “parada” em São Paulo e depois retornar para Brasília. Sua agenda oficial foi alterada para a inclusão da passagem pela capital paulista. No entanto, não foi citada a reunião com o ex-presidente.

Na sexta-feira passada, Lula cobrou, pela primeira vez em público, que sua afilhada política diga o que pretende fazer neste segundo mandato. “Temos de dizer em alto e em bom som dentro do PT, para a companheira Dilma ouvir e para os nossos deputados e militantes ouvirem, nós precisamos começar a dizer o que nós vamos fazer neste segundo mandato, qual é a nossa política de desenvolvimento que nós vamos colocar em prática”, disse Lula em evento do PT. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

(Fonte: Estadão Conteúdo)


Estado tem até 20 dias para recorrer de suspensão

O Estado de Pernambuco tem até 20 dias para recorrer contra liminar que suspendeu a realização da prova do concurso público para delegado da Polícia Civil do Estado (PCPE). A medida foi expedida pelo Juiz Évio Marques, da 2ª Vara da Fazenda da Justiça Estadual, na última sexta-feira (24). A prova estava agendada para o último domingo (26), mas não ocorreu devido à determinação judicial.

“O prazo para recurso é de dez dias computados em dobro”, explicou o advogado responsável pelo pedido de suspensão do certame junto à Justiça, Rodrigo Almendra. Conforme informou a Secretaria de Defesa Social, as provas objetivas serão realizadas em “data a ser definida, após desfecho à referida demanda judicial”. O número do processo é: 21653-85.2015.8.17.0001.

O cancelamento da primeira etapa do processo seletivo prejudicou a vida de muitos candidatos. O capixaba Ricardo Iannotti, que participa da seleção, ficou sabendo que não haveria prova algumas horas antes de embarcar de Vitória (ES) para o Recife (PE). Ele se surpreendeu ao ligar para o hotel onde ficaria hospedado para confirmar sua estadia. Na ligação, a própria atendente do local o informou sobre a liminar. Segundo Iannotti, que é servidor público em seu estado, a notícia foi um choque e o desestabilizou emocionalmente.

“Foi um banho de água fria. Houve até um abalo psicológico. Quem está fazendo um concurso como este está focado, nós traçamos uma estratégia para a prova”, explicou Ricardo. Ele declarou que escolheu realizar a prova para delegado de Pernambuco por sentir admiração pela gestão do atual Governo do Estado. “Queria me posicionar sobre o governo de Pernambuco, que é referência aqui no Espírito Santo. Mas, fiquei muito insatisfeito com o fato de a instituição só ter divulgado a respeito da suspensão na sexta-feira, quando a prova ocorreria no domingo. Poderia ter informado com mais antecedência”, declarou. Apesar do susto, Iannotti diz que vai retomar os estudos nesta semana, até que os rumos do concurso sejam definidos.

Concurso

O concurso público oferece 100 vagas para a função, que exige graduação no Curso de Direito de instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração inicial para a categoria é de R$ 9.069,81.

Decisão

A decisão “afirma que o procedimento de dispensa de licitação para contratação da empresa responsável pela condução do concurso (…) é assaz questionável, visto que não é possível confirmar se os ofícios destinados a organizadoras de renome nacional, de fato, foram enviados, pois não há qualquer comprovação nos autos do processo de dispensa que isso ocorreu”. De acordo com o documento expedido pelo juiz Évio Marques, “apesar de o termo de referência ter sofrido modificações durante o procedimento administrativo, outras organizadoras não puderam se manifestar sobre tais alterações, salvo as três empresas que outrora apresentaram intenções positivas em conduzir o certame mencionado”.

Em sua petição, Almendra destacou que a modalidade de licitação escolhida pelo Estado de Pernambuco – Carta Convite – contraria o Decreto Estadual nº 32.539/2008. Segundo a norma, para aquisições de serviços a modalidade correta é o pregão eletrônico e, para completar, há ofensa à Lei Geral de Licitações já que a Carta Convite pode ser utilizada apenas para contratações de serviços com valores até R$ 80mil, valor excedido para contratação do Iaupe/UPENet.


Professores mantêm greve

Assembleia reuniu mais de 2 mil professores no Clube Português. Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem.

Após mais de quatro horas de assembleia, nesta segunda-feira (27), os professores da rede estadual de ensino de Pernambuco decidiram pela permanência da greve da categoria, decretada no dia 10 de abril.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), o movimento grevista está mantido, pois todas as negociações feitas com o Governo do Estado foram “improdutivas”.

Os docentes saíram da assembleia com um cronograma de mobilizações para esta semana. Por meio de sua assessoria de comunicação, o Sintepe informou ainda que estão marcados outros atos de protestos nos próximos dias. A primeira inclui um protesto na fábrica da Jeep, em Goiana, durante a inauguração da montadora. Participam do evento o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e a presidente Dilma Rousseff (PT).

A diretoria do Sintepe ainda participa de uma reunião com representantes da secretaria de Administração do governo estadual nesta terça.

Professores mantém calendário de paralisação. Foto: Ricardo Labastier/JC Imagem.

Para a quarta-feira (29), o Sintepe organiza um ato em frente ao Centro de Convenções, em Olinda, onde o governador participa de um seminário do programa “Todos por Pernambuco”. Já na quinta-feira (30), a categoria realiza uma nova assembleia da categoria em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para voltar a discutir os rumos da greve.

No dia 1° de maio, o sindicato participa doa atos nacionais convocados por centrais sindicais, que marcam o dia do trabalho.

A assembleia dos professores aconteceu no Clube Português, no bairro das Graças, Zona Oeste do Recife. Cerca de duas mil pessoas lotaram o local durante os debates sobre os rumos da greve. As falas de professores, deputados estaduais, movimentos estudantis e demais sindicatos ligados ao setor de educação demonstravam total apoio pela manutenção da greve.

RELEMBRE – Os profissionais deflagraram a greve em 10 de abril. Eles reivindicam a extensão do reajuste de 13,01%, previsto pelo piso nacional do magistério, para toda a categoria. Lei aprovada pelos deputados estaduais concede o aumento apenas aos professores com nível médio.

O governo aprovou na Alepe reajuste apenas para os professores com nível médio, o antigo magistério, e 0,89% de aumento para os profissionais com licenciatura plena e 10 anos de serviço.

Nos primeiros dias da paralisação, o governador Paulo Câmara determinou o corte do ponto dos profissionais que aderissem ao movimento grevista. Além disso, a portaria publicada sobre essa questão também previa a recisão de contratos temporários e a troca de postos de trabalho dos professores de escolas de referência que participem da greve.

A postura do governador gerou ainda mais protestos da categoria e de boa parte de alunos, que passaram a acompanhar os atos do Sintepe, demonstrando seu apoio aos professores.

Em nota, a Secretaria de Administração diz que foram contabilizadas 37.688 faltas, até o último dia 20, número que será descontado da folha de pagamento dos grevistas, em cumprimento à Portaria Conjunta SAD/SEE n° 15.465 de 08 de abril de 2015.


Sertânia: Vacinação contra a gripe começa na próxima terça-feira

A partir da próxima terça-feira (28), das 8h às 17h, todos as unidades de saúde de Sertânia estarão vacinando contra a gripe. A campanha será realizada até o dia 22 de maio e terá seu dia ‘D’ no sábado (9). É importante que os pais ou responsáveis apresentem a caderneta de vacinação.

Além das crianças de seis meses a menores de cinco anos, integram este grupo pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. As pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Nestes casos, é  necessária a apresentação da prescrição médica.