Escreve, Leitor – Vassourinhas Solitárias

Por José Ivan de Lima

O carro de som parou na esquina da Praça Pai Tão. Era manhã de sábado de Zé Pereira. Ele tocava para foliões de um bloco carnavalesco, cujo roteiro terminava nesta praça. Com o recolhimento deles, ninguém ficou na pista, digo calçamento. A passarela estava vazia sob um sol causticante, quando estourou o frevo vassourinhas. Escutei o que sempre gostei de escutar, procurando companhia para a emoção contagiante daquele frevo. Foi aí que mergulhei nas cinzas do velho América ali pertinho. Digo cinzas mesmo que o prédio ainda esteja de pé, numa imagem combalida do presente.

Misturaram-se emoção com saudade, e, como num passe de mágica revi cenas externas do seu passado, onde Marcelo Lafayette sempre cheio de vida, puxava um coro: ”Rivaldo é chato, Rivaldo é chato “. O Rivaldo em questão era o queridíssimo Rivaldo Galindo, censurado pelo grupo, por passar apressado para não ser molhado. Diplomaticamente, ele voltou e entregou-se à brincadeira, submetendo-se a um banho com água fria. Estava restabelecida a paz carnavalesca, nas calçadas do velho América. Lembrei-me também de Jáder de Veríssimo, solando vassourinhas no seu sax. Jáder era soberbo e um show à parte. Sabendo da admiração que criava, ficava olhando para os lados disfarçando a timidez do artista.

Vassourinhas no ar. Solidão de pés para frevá-lo. Sem passistas, sem o América, sem Marcelo, Rivaldo e Jáder, todos “in memorem” e tantos outros sobrava um vácuo insuportável. Um vassourinhas solitário, não de sol e melodia, mas de calor humano. A consolação vem com a certeza que em outros locais essa solidão não existirá, e ele, como o segundo hino de Pernambuco, eletrizará foliões de todos os matizes, e entre eles espíritos alegres de grandes foliões de Sertânia. Com o fim do vassourinhas solitário, vejo de memória sair pela porta do América o espírito alegre de Luiz Pintor, com seu cavaquinho e uma toalha pendurada no pescoço, na pressa ele cruza com Zé das Neves, ocupado em ensopar um lenço com lança perfume da marca rodouro. Foi o clímax do devaneio meu… Salve seu Luiz! Leve um abraço para aqueles que não estão mais por aqui. Diga prá eles, que pelo menos, estão livres de ouvir as obras musicais para amestrar macacos, como disse um baiano, feitas nos carnavais da Bahia nos últimos anos. E também, que tem gente por aqui precisando, para melhor avaliar nosso carnaval, de ouvir atentamente Cazuza , quando ele canta “ Exagerado, deitado aos teus pés, eu sou mesmo exagerado…”

* Prof. Ivan de Lima é vereador. Já ocupou os cargos de prefeito, vice-prefeiro, presidente da Câmara de Vereadores e diretor da Escola Olavo Bilac.


Sistema de abastecimento vai atender 180 famílias em comunidades rurais de São José do Egito

12742298_942869592463987_6172284809447864607_n

O vereador Beto de Marreco, o empresário Evandro Valadares e o médico Eclériston Ramos, acompanharam o andamento do sistema simplificado de abastecimento de água que beneficiará 181 famílias nos sítios Olho D’água, Quebra e Massapê, segundo informou o vereador ao blog de Nill Junior.

“É gratificante para nós ver a felicidade no rosto de cada morador destas comunidades. Agradecemos  a Deus, aos nossos deputados: Ângelo Ferreira, Tadeu Alencar, ao nosso governador Paulo Câmara e ao secretário de agricultura Nilton Mota por nos dar a oportunidade de tornar mais um sonho em realidade”, disse.


Vaga de vice do prefeito Sebastião Dias está em oferta

Candidatíssimo à reeleição, o prefeito Sebastião Dias mesmo tendo apenas uma vaga de vice, já ofereceu o lugar a quatro lideranças ou grupos diferentes. Primeiro, o Poeta que rompeu com sua vice Genedy Brito, objetivando definir sua chapa, ofereceu a vaga de vice a dois empresários para que eles fizessem suas indicações.  Eles não aceitaram.

Depois o prefeito tabirense ligado ao Senador Armando Monteiro procurou representantes do Governo Paulo Câmara no Recife para que o PSB ocupasse a vice. Não foi demonstrado interesse.

E por último na ânsia de atrair para o seu palanque o grupo de Josete Amaral, Sebastião sempre que se aproxima de um algum parente do ex-prefeito vai longo perguntando: “Vai uma vice aí ?” E olha que ele só tem uma vaga…

Informações: Blog de Nill Junior por Anchieta Santos

 


PPS prepara candidatura de Cristovam ao Planalto

PPS quer acelerar filiação do senador que está atualmente no PDT (Foto: Clemilson Campos/Folha de Pernambuco)

O PPS já definiu, ainda informalmente, seu candidato à Presidência da República em 2018: será o senador Cristovam Buarque (PDT-DF). A cúpula do partido insiste para que o ex-governador do Distrito Federal cancele logo sua filiação no PDT, migre para o novo partido e comece a viajar pelo país para angariar o apoio de outras correntes políticas ao seu nome na disputa presidencial.

Cristovam tem se reunido com frequência quase diária com a cúpula do PPS para tratar do assunto. O parlamentar já até enviou uma carta à direção do PDT e pediu razões para continuar na sigla. Foi o último movimento dele para evitar ser chamado de ingrato – ele diz não acreditar que sua carta terá resposta e já fala como possível pré-candidato:

“Nem eu vou para um partido com a exigência de ser candidato, nem quero que o PPS me obrigue a concorrer ao Palácio do Planalto”, disse Cristovam ao Congresso em Foco.

Presidente do Partido Popular Socialista, o deputado Roberto Freire (SP) defende que Cristovam deixe já o PDT e filie-se imediatamente ao novo partido, antes mesmo da promulgação da emenda que permite o troca-troca de legenda sem a perda de mandato, prevista para o próximo dia 18. A lei permite que os senadores, considerados ocupantes de cargos majoritários, troquem de partido sem necessidade da segurança legal da emenda que prevê a janela partidária. Mas Roberto Freire quer a antecipação da filiação do parlamentar para que outros deputados ou senadores possam engrossar as fileiras do PPS e a candidatura de Cristovam ao Planalto.

O lançamento, ainda informal, do nome de Cristovam como candidato ao Planalto pelo PPS, segundo Freire, não impedirá negociações com outros partidos para a formação da chapa, com a escolha de um vice ou outra formação que possa surgir nas articulações eleitorais. Sempre com partidos de oposição, ressalta Freire. Outra meta do presidente do PPS, é fazer com que Cristovam utilize a campanha municipal – que não ocorrerá no DF – para aquecer a disputa nacional e tornar o parlamentar ainda mais conhecido. Além, é claro, de ajudar a eleger vereadores e prefeitos do PPS.

Estrutura antigoverno

Com 10 deputados e um senador, o PPS tem uma bancada aguerrida de oposição ao governo Dilma Rousseff. O partido defende o impeachment por crime de responsabilidade ou a condenação da presidente pelo Tribunal Superior Eleitoral por suposto crime na campanha de 2016.

Mas Cristovam ainda não está seguro sobre o impedimento e nem sobre o possível crime eleitoral de Dilma. Em contrapartida, ele tem sido um dos principais críticos, no Congresso, tanto da política econômica adotada por Dilma desde o primeiro mandato quanto das propostas de ajuste fiscal feitas agora pelo governo.

Informações: Congresso em Foco


Dois concursos para reforçar policiamento em Pernambuco

Os editais para concursos das Polícias Civil e Militar de Pernambuco podem ser lançados nos próximos 30 dias. O secretário Alessandro Carvalho garantiu a realização dos certames, ontem. De acordo com ele, a ideia é formar as duas novas turmas até o carnaval de 2017.

Serão dois concursos distintos. Um deles pretende preencher 100 vagas para delegados, 500 para agentes, 50 para  escrivães e 316 cargos diversos da Polícia Científica, entre eles peritos. Já no outro, serão contratados 1,5 mil soldados da PM. Segundo Carvalho, houve ratificação da dispensa de licitação para os certames, processo realizado pela Secretaria de Administração.Em outubro do ano passado, a Secretaria de Defesa Social anulou a realização do concurso para delegado da Polícia Civil. A decisão foi publicada no Diário Oficial do estado do dia 23 de setembro. O concurso estava suspenso por força de uma liminar concedida em ação cautelar do Juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública. A suspensão foi determinada devido à existência de indícios de fraude.

Com um total de 24.967 inscritos para concorrer a 100 vagas, o certame deveria ter tido a primeira etapa realizada em abril do ano passado, mas acabou não acontecendo.Na época, contratação direta com o Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (IAUPE), que organizaria as provas, foi anulada. No entanto, o IAUPE permanece como organizador do certame da PM.

Já o concurso da Polícia Civil deve ser realizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe/ Cespe).

Informações: Diário de Pernambuco


Pernambuco registra 57 assassinatos durante os dias de carnaval

Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, apresentou balanço de ocorrências no carnaval (Foto: Malu Veiga / G1)

Secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, apresentou balanço de ocorrências no carnaval
(Foto: Malu Veiga / G1)

Pernambuco registrou 57 assassinatos da 0h do Sábado de Zé Pereira (6) até o final da Quarta-feira de Cinzas (10). O número é 24% menor que os da folia de 2015, quando foram computadas 75 mortes violentas pelos órgãos de segurança do estado. O comparativo foi apresentado nesta quinta-feira (11), na sede da Secretaria de Defesa Social (SDS), na  área central do Recife.

Somente na capital pernambucana, a SDS registrou 14 homicídios durante o carnaval. Houve ainda o assassinato de um detento dentro de um presídio em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife. Uma morte também foi registrada no polo de folia em Tamandaré, no Litoral Sul do estado.

Apesar de exaltar a redução do número de homicídios, o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, reconheceu que o número de furtos registrados durante a confusão na madrugada de segunda-feira (9) extrapolou qualquer estimativa, mas não deu número de ocorrências. “Era uma noite de atrações de peso, mas a quantidade de pessoas foi muito maior do que nós imaginávamos”, apontou o secretário, voltando a afirmar que “não houve falha de Polícia Militar” no incidente.

O secretário destacou ainda a redução no número de conduções de suspeitos para a delegacia. Enquanto em 2015 haviam sido levados 636 suspeitos, neste ano foram apenas 248. “Eu atribuo essa redução à pronta intervenção dos policiais para que uma situação não se transformasse em crime depois”, apontou Carvalho.

O número de drogas apreendidas durante a folia praticamente não mudou, em comparação com o ano anterior. Foram 147 apreensões neste ano, uma a mais que ano passado. “A gente pode ver uma queda drástica na apreensão de cocaína e maconha. Mas nós notamos também um crescimento do crack. O loló também teve uma redução esse ano. A gente reduziu de 427 tubos de loló para 301″, detalhou o secretário.

Segundo o coronel Carlos D’Albuquerque, foram 822 policiais para o Recife Antigo, de um total de 27.800 que trabalharam em todo o carnaval do estado.

Informações: G1PE


Prouni terá resultado da segunda chamada divulgado nesta sexta

 O Ministério da Educação divulga nesta sexta-feira (12) a segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O candidato que for convocado deve comprovar, a partir desta sexta, até o dia 18 de fevereiro, as informações apresentadas no momento da inscrição.

O Prouni é uma das três principais iniciativas do governo federal na gestão do ensino superior. O programa concede bolsas de estudo em instituições particulares com foco no atendimento em alunos de baixa renda. Já o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) seleciona candidatos para vagas em universidades públicas, enquanto o Fies oferece contratos de financiamento.

Próximos passos do Prouni
Cabe ao estudante verificar no site da universidade em que foi aprovado quais os horários e o local para a conferência dos dados. A perda do prazo ou a não-comprovação de informações acarretam a reprovação do candidato.

Se o estudante não for aprovado em nenhuma das duas chamadas, poderá registrar que tem interesse em participar das listas de espera – ou seja, ocupar vagas que não tenham sido preenchidas. A data para se inscrever vai de 26 de fevereiro a 29 de fevereiro.

Nesta edição, foram ofertadas 203.602 bolsas de estudo em universidades particulares, segundo o MEC – uma queda de 4% em relação ao ano passado.


Governador da Paraíba diz que não pode garantir pagamentos em dia por conta da crise

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), afirmou nesta quinta-feira (11) que não tem como garantir pagamentos em dia por conta da crise econômica e política no Brasil. Apesar disso, ele falou que está comprometido com as obrigações financeiras e mantém planejamento para que não haja problemas.

Ricardo abriu o ano letivo da rede estadual de ensino, no bairro de Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa. Ao ser questionado sobre as reivindicações salariais de categorias do Estado, ele disse que poderia conceder reajustes de 25% ou 30%, mas que isso não é possível. “A Paraíba é o único estado que está pagando a folha dentro do mês trabalhado. Gostaria de dar 25% ou 30% de reajuste, agora, evidentemente que cada um de nós está aqui, com o pezinho no chão”, falou Ricardo.

Sobre paralisações e greves, o governador afirmou que elas são legítimas, mas que está governando para o estado e não somente para grupos. “É legitimo reclamar. Cada um de nós tem um papel; o meu papel é garantir para a povo da Paraíba a normalidade dos serviços. Não posso governar para uma ou outra categoria, mas para a população, que sofre os efeitos da crise. Muitos estão sem emprego; eu preciso olhar pra eles. Tenho a condição e a capacidade de poder focar nisso para abraçar mais gente”, disse Ricardo.

Os professores do Estado estão com paralisação marcada para o dia 17 deste mês e reivindicam o andamento do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR). Já os servidores do Fisco Estadual alegam que não conseguem diálogo com o Estado.

Informações: Portal Correio


Prefeitura de Itapetim concluiu a nova Unidade Básica de Saúde da Família

Erguida no Bairro Santo Antônio, a unidade conta com sala de espera, farmácia, sala de vacinas, sala de inalação, consultórios médicos, consultório odontológico, sala de enfermagem, sala de serviços administrativos, sala de curativos, sala de observação, sala de reuniões, expurgo, depósito, área de serviços e banheiros masculino e feminino.

De acordo com o prefeito Arquimedes Machado, a UBSF Amelânia Rocha atende todas as exigências do Ministério da Saúde e já está à disposição da população. “Com a conclusão das obras resolvemos iniciar as atividades imediatamente. Em alguns dias vamos nos reunir e fazer a entrega oficial de mais essa grande conquista”, frisou.

Segundo a secretária de Saúde, Jussara Araújo, a unidade atende as famílias dos bairros Santo Antônio, São Francisco e São José. “A UBSF Amelânia Rocha também está garantindo uma melhor qualidade de atendimento aos moradores das vilas Rotary e Poeta Vital Leite”, destacou.

A Administração Municipal também já concluiu a construção de outras quatro unidades no Bairro Paulo VI, no povoado de Piedade e nos sítios Ambó e Mocambo.

Assessoria de Comunicação


Ruy Lins, filho de Ulysses Lins de Albuquerque faleceu na última terça

O jornalista Inaldo Sampaio noticiou na sua coluna desta quinta-feira (11), que Ruy Lins de Albuquerque, conselheiro aposentado do TCE, morreu no Recife terça-feira de carnaval, coincidentemente a festa de que mais gostava. Tinha 83 anos de idade, era filho do escritor (da Academia Pernambucana de Letras) Ulysses Lins de Albuquerque e irmão caçula do ex-governador Etelvino Lins.

Do pai, natural do município de Sertânia, herdou o gosto pela cultura da região – sua culinária, seus costumes, seus personagens – magnificamente descritos por ele nos livros “Moxotó Brabo”, “Três Ribeiras” e “Um sertanejo e o sertão”. E, do irmão, o gosto pela política, embora nunca tenha disputado mandato eletivo. Era um exímio contador de “causos”, muitos dos quais protagonizou fazendo peregrinação com o pai, então candidato a deputado federal, pelos municípios do Sertão. Foi um servidor público na acepção literal do termo, cuja maior virtude era a austeridade intransigente no trato da coisa pública.

Da família do ex-governador Etelvino Lins, restam poucas pessoas na política: o prefeito de Sertânia Gustavo (“Guga”) Lins (PSDB) e seu irmão José Etelvino Júnior, o “Junhão”, ex-vice-prefeito e atual vereador. A sobrinha Rosa Lins de Albuquerque Barros foi prefeita de Arcoverde (duas vezes) e deputada estadual. Mas, hoje, está afastada da vida pública. Ela diz que já deu sua contribuição a Arcoverde e que decidiu abandonar a política “na hora certa”.


Lei que obriga escolas e clubes a combaterem bullying entra em vigor

A lei que obriga escolas e clubes a adotarem medidas de prevenção e combate o bullying entrou em vigor nesta semana. O texto, publicado no “Diário Oficial da União” de 9 de novembro havia sido aprovado pela Câmara em outubro e enviado para a sanção presidencial. (veja abaixo o texto com a íntegra da lei)

Pelo texto aprovado, bullying é definido como a prática de atos de violência física ou psíquica exercidos intencional e repetidamente por um indivíduo ou grupo contra uma ou mais pessoas com o objetivo de intimidar ou agredir, causando dor e angústia à vítima.

O projeto determina que seja feita a capacitação de docentes e equipes pedagógicas para implementar ações de prevenção e solução do problema, assim como a orientação de pais e familiares, para identificar vítimas e agressores.

Também estabelece que sejam realizadas campanhas educativas e fornecida assistência psicológica, social e jurídica às vítimas e aos agressores.

Segundo o texto, a punição dos agressores deve ser evitada “tanto quanto possível” em prol de alternativas que promovam a mudança de comportamento hostil.

Íntegra da lei

“LEI Nº 13.185, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015.

Vigência
Institui o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying)

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º  Fica instituído o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying) em todo o território nacional.

§ 1º  No contexto e para os fins desta Lei, considera-se intimidação sistemática (bullying) todo ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima, em uma relação de desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas.

§ 2º  O Programa instituído no caput poderá fundamentar as ações do Ministério da Educação e das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação, bem como de outros órgãos, aos quais a matéria diz respeito.

Art. 2º  Caracteriza-se a intimidação sistemática (bullying) quando há violência física ou psicológica em atos de intimidação, humilhação ou discriminação e, ainda:

I – ataques físicos;

II – insultos pessoais;

III – comentários sistemáticos e apelidos pejorativos;

IV – ameaças por quaisquer meios;

V – grafites depreciativos;

VI – expressões preconceituosas;

VII – isolamento social consciente e premeditado;

VIII – pilhérias.

Parágrafo único.  Há intimidação sistemática na rede mundial de computadores (cyberbullying), quando se usarem os instrumentos que lhe são próprios para depreciar, incitar a violência, adulterar fotos e dados pessoais com o intuito de criar meios de constrangimento psicossocial.

Art. 3º  A intimidação sistemática (bullying) pode ser classificada, conforme as ações praticadas, como:

I – verbal: insultar, xingar e apelidar pejorativamente;

II – moral: difamar, caluniar, disseminar rumores;

III – sexual: assediar, induzir e/ou abusar;

IV – social: ignorar, isolar e excluir;

V – psicológica: perseguir, amedrontar, aterrorizar, intimidar, dominar, manipular, chantagear e infernizar;

VI – físico: socar, chutar, bater;

VII – material: furtar, roubar, destruir pertences de outrem;

VIII – virtual: depreciar, enviar mensagens intrusivas da intimidade, enviar ou adulterar fotos e dados pessoais que resultem em sofrimento ou com o intuito de criar meios de constrangimento psicológico e social.

Art. 4º  Constituem objetivos do Programa referido no caput do art. 1o:

I – prevenir e combater a prática da intimidação sistemática (bullying) em toda a sociedade;

II – capacitar docentes e equipes pedagógicas para a implementação das ações de discussão, prevenção, orientação e solução do problema;

III – implementar e disseminar campanhas de educação, conscientização e informação;

IV – instituir práticas de conduta e orientação de pais, familiares e responsáveis diante da identificação de vítimas e agressores;

V – dar assistência psicológica, social e jurídica às vítimas e aos agressores;

VI – integrar os meios de comunicação de massa com as escolas e a sociedade, como forma de identificação e conscientização do problema e forma de preveni-lo e combatê-lo;

VII – promover a cidadania, a capacidade empática e o respeito a terceiros, nos marcos de uma cultura de paz e tolerância mútua;

VIII – evitar, tanto quanto possível, a punição dos agressores, privilegiando mecanismos e instrumentos alternativos que promovam a efetiva responsabilização e a mudança de comportamento hostil;

IX – promover medidas de conscientização, prevenção e combate a todos os tipos de violência, com ênfase nas práticas recorrentes de intimidação sistemática (bullying), ou constrangimento físico e psicológico, cometidas por alunos, professores e outros profissionais integrantes de escola e de comunidade escolar.

Art. 5º  É dever do estabelecimento de ensino, dos clubes e das agremiações recreativas assegurar medidas de conscientização, prevenção, diagnose e combate à violência e à intimidação sistemática (bullying).

Art. 6º  Serão produzidos e publicados relatórios bimestrais das ocorrências de intimidação sistemática (bullying) nos Estados e Municípios para planejamento das ações.

Art. 7º  Os entes federados poderão firmar convênios e estabelecer parcerias para a implementação e a correta execução dos objetivos e diretrizes do Programa instituído por esta Lei.

Art. 8º  Esta Lei entra em vigor após decorridos 90 (noventa) dias da data de sua publicação oficial.

Brasília,  6  de novembro de 2015; 194º da Independência e 127º da República.

DILMA ROUSSEFF
Luiz Cláudio Costa
Nilma Lino Gomes”


Vacina contra zika pode ficar pronta para testes em um ano

 

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, anunciou nesta quinta-feira (11) uma parceria firmada entre o Instituto Evandro Chagas, sediado em Belém, e a Universidade do Texas, nos Estados Unidos, para desenvolver uma vacina contra o vírus da zika. Segundo ele, a experiência das instituições pode encurtar o prazo de formulação do produto em laboratório para um ano. Depois, a vacina deve ser testada em animais e humanos por mais dois anos, antes de o imunizante ser aplicado em grande escala, de acordo com o ministro.

“Como o instituto e a universidade têm o mesmo viés, fizemos essa parceria para desenvolver a vacina. Sabemos que é demorada, mas há um grande otimismo de que poderemos desenvolver a vacina em um tempo menor que o previsto. Aproximadamente em um ano, podemos ter essa vacina desenvolvida”, afirmou Castro. “Seria um ano para desenvolver e dois anos para testar o produto”, acrescentou.

O prazo para desenvolvimento não significa que a vacina estará disponível na rede de saúde daqui a um ano. Além dos testes em animais, o produto precisa ser testado em humanos, enviado para laboratórios de outras partes do mundo e registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por exemplo.

“O que está previsto no cronograma é dois anos, mas nossos cientistas estão tão otimistas que estão prevendo um prazo inferior. Aí, vai ter que fazer testes em animais, em humanos, e isso demora. A vacina da dengue, por exemplo, está na fase III e ainda vai levar cerca de um ano”, diz Castro.

No melhor dos cenários, Castro diz que a vacina poderia estar disponível à população dentro de três anos. “O caso é tão urgente que estamos pedindo a presença da FDA [órgão americano de vigilância sanitária] e da Anvisa para eliminar burocracias. Não queremos pular etapas, mas agilizar etapas”, diz.

A parceria prevê investimento de US$ 1,9 milhão pelo governo brasileiro, nos próximos cinco anos. O valor do aporte a ser feito pelos EUA não foi informado.

O lado brasileiro do desenvolvimento será coordenado pelo pesquisador Pedro Vasconcelos, do Evandro Chagas. Assim como o ministro, o pesquisador também diz que será possível desenvolver a vacina em até um ano, embora o cronograma de trabalho oficial preveja prazo de dois anos.

“Essa vacina vai ser feita da seguinte maneira: após o sequenciamento do vírus zika, que já está acontecendo, a parte que é responsável pelo desenvolvimento de anticorpos no hospedeiro será incorporada a uma molécula sintética, que vai estimular o organismo humano”.

Do G1


UFPE prorroga inscrições do concurso para professor titular-livre. Remuneração de R$ 15.956,07.

A Universidade Federal de Pernambuco prorrogou as inscrições do concurso público para professor titular-livre até o dia 25 de julho. Ao todo, são quatro vagas para o Campus Recife em regime de dedicação exclusiva – quando o docente não pode ter outros vínculos empregatícios. A remuneração do cargo é de R$ 15.956,07. É imprescindível que os interessados tenham concluído o doutorado antes de 31 de janeiro de 2007.

  As vagas serão destinadas ao Centro de Biociências (CB), com uma vaga para o Departamento de Botânica; ao Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) – com uma vaga para o Departamento de Física e uma vaga para o Departamento de Química Fundamental; e ao Centro de Informática (CIn), com uma vaga para o Departamento de Ciência da Computação.

Para se inscrever, o candidato precisa comparecer à diretoria do centro acadêmico que oferece a vaga desejada. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira. Os horários, assim como a documentação necessária, estão indicados no edital do concurso. As inscrições ainda podem ser realizadas por procuração, em instrumento público ou particular, e por via postal.

É preciso pagar uma taxa de R$ 300, que deve ser efetuada por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe). Há a possibilidade de isenção de taxa. Para isso, o candidato tem que comprovar insuficiência de recursos.

As provas deverão ser realizadas no prazo de até 60 dias, a contar da data de encerramento das inscrições. O local, a data  e o horário será afixado nas secretarias dos departamentos que oferecem as vagas e no site da Progepe, dez dias antes do certame.

O concurso contará com prova escrita e apresentação e defesa de projeto de pesquisa; prova de apresentação e defesa de memorial; e julgamento de títulos. O prazo para o certame será de um ano, a contar da data da publicação da homologação do resultado final.


Conferências municipais de cidades na reta final

 

Está terminando o prazo para a convocação das conferências municipais preparatórias para a 6ª Conferência Estadual das Cidades. A data limite para a chamada via Conselho Municipal das Cidades ou outro correlato à Política de Desenvolvimento Urbano é até o dia 22 de fevereiro, assim como o chamamento pelo Poder Executivo Municipal (se não houver conselho municipal). Já a convocação pela sociedade civil com representação de três segmentos ocorre de 23 de fevereiro a 30 de março.

Uma vez convocada a conferência municipal, deve-se divulga-la por um jornal ou periódico. Caso o município não os possua, podem ser afixados em locais com grande circulação cópias do instrumento legal de convocação, cartazes e folhetos, além da utilização de espaço em rádios locais e comunitárias.

“Não se pode esquecer que uma cópia de cada documento de divulgação deve ser enviada para o Conselho Estadual das Cidades (ConCidades/PE), que o encaminhará para a Comissão Preparatória Estadual, para registro, análise e arquivo”, informa o coordenador do ConCidades de Pernambuco, Fernando Montenegro.

Se o município possuir um Conselho da Cidade, Conselho de Desenvolvimento Urbano, Conselho de Habitação ou outro vinculado a essa última temática, poderá utilizá-lo na coordenação e composição da comissão preparatória para a conferência municipal. Caso não possua, após a convocação, o coordenador nomeado pelo agente público ou social que convocou a conferência, deve agendar reunião com a finalidade de eleger uma comissão preparatória.

Quem tiver dúvidas, pode entrar em contato com o ConCidades/PE  pelo e-mail concidades_pe@cidades.pe.gov.br ou pelos telefones (81) 3181.3397 e 3181.3398.

Estadual

As conferências colocam na agenda pública e política questões urbanas preteridas ou tratadas em âmbito local, como saneamento ambiental, regularização fundiária, conflitos fundiários, ocupação de risco, urbanização de assentamentos precários, acesso à moradia para a população de baixa renda, mobilidade urbana, entre outros.

Elas são a oportunidade de participação e pactuação política ao construir um espaço para a sociedade compartilhar a elaboração e avaliação das políticas públicas: habitação, saneamento básico, transporte e mobilidade urbana, acessibilidade e programas urbanos. A Conferência Estadual das Cidades está programada para acontecer entre os dias 5 e 9 de junho de 2017.

Trata-se de um instrumento de garantia da gestão democrática, para a promoção da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano. Sob a temática “A Função Social da Cidade e da Propriedade” e com o lema “Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas”, a 6ª CNC está prevista na Lei 10.257/2001 – Estatuto da Cidade e conta com etapas preparatórias municipais e estaduais.


Sertânia: aberta Chamada Pública para aquisição produtos da agricultura familiar

Esta aberta uma Chamada Pública para credenciamento de produtores rurais, cooperativas e associações destinada à aquisição de produtos da agricultura familiar.

Os interessados poderão obter o edital completo na sala da Comissão Permanente de Licitação (CPL), instalada no prédio sede da prefeitura de Sertânia, localizado na Praça João Pereira Vale, 20, centro, das 8h às 13h, de segunda a sexta-feira.

A documentação para habilitação deverá ser entregue até às 10h do dia 25 deste mês, na própria CPL. Informações também podem ser obtidas pelo telefone: (87) 3841-1156.