Escolas do Agreste e Sertão têm melhores índices de desenvolvimento em educação de Pernambuco

Cerimônia de premiação do Idepe aconteceu nesta quinta-feira (28), no Palácio do Campo das Princesas (Foto: Reprodução/TV Globo)

As escolas do Agreste e do Sertão tiveram os melhores resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (Idepe) 2017. A média geral das unidades de ensino públicas foi de 4,5, maior índice registrado pelo estado, desde o início do monitoramento, em 2000. Também foram premiados os três melhores resultados de 12 categorias, das redes municipais e estadual.

Os destaques na educação receberam prêmios, na manhã desta quinta-feira (28), no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, no Centro do Recife. Professores e gestores de diversas escolas, além de prefeitos e secretários municipais, participaram da cerimônia.

A pontuação das escolas de Pernambuco, segundo o governo do estado, subiu de 4.1 para 4.5, de 2016 para 2017. Este também foi o primeiro ano em que uma escola atingiu as médias 7 e 8 na avaliação. (Veja vídeo acima)

“Isso é fruto de um trabalho de muita gente, de gestores, professores, alunos, da comunidade escolar e de todos nós. É um caminho que vem dando certo, que tem melhorado as notas, as estruturas e a forma de se fazer educação”, discursou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). A lista completa com as escolas premiadas pode ser conferida aqui.

Cerimônia de premiação do Idepe aconteceu nesta quinta-feira (28), no Palácio do Campo das Princesas (Foto: Reprodução/TV Globo)

Cerimônia de premiação do Idepe aconteceu nesta quinta-feira (28), no Palácio do Campo das Princesas (Foto: Reprodução/TV Globo)

O secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amâncio, também falou do destaque entre as escolas do interior do estado. “A gente percebe que a melhoria na educação se dá aqui no Recife sim, mas o interior do estado também está avançando muito”, afirmou o secretário.

Redes municipais de ensino

Entre as 10 escolas municipais com melhores resultados nos anos iniciais do ensino fundamental, do 1º ao 5º ano, quatro delas são do município de Bonito, no Agreste. Outras quatro são da mesma região e duas, do Sertão.

A melhor unidade de ensino da categoria foi a Escola Municipal Alaíde Barbosa de Lima, do município da Ingazeira, no Sertão, com média 8,46, a maior entre todas as categorias.

Em segundo lugar ficou a Escola Municipal Severino André de Luna, de Orobó, no Agreste, com média 8,07. E a terceira colocada foi a Escola Municipal Bernardo Sayao, de Bonito, com média 8,01.

Já na categoria dos anos finais do ensino fundamental, entre o 6º e o 9º ano, quatro das 10 melhores escolas são do Agreste, sendo três delas do município de Bonito. Outras seis são de diferentes cidades do Sertão.

Bonito foi um dos municípios que teve mais escolas entre as 10 melhores nas categoriais municipais do prêmio do Idepe 2017 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Bonito foi um dos municípios que teve mais escolas entre as 10 melhores nas categoriais municipais do prêmio do Idepe 2017 (Foto: Reprodução/TV Globo)

Nesta categoria, a melhor escola, com média 7,56 foi a Escola Milton Pessoa, de Triunfo, no Sertão. Em segundo colocado ficou a Escola Municipal Bernardo Sayao, de Bonito, com média 7,39. E com média 6,84 ficou o Grupo Escola Barra Azul, também de Bonito.

Pela primeira vez também foram eleitos os 10 municípios com as melhores médias, considerando o resultado de todas as escolas de cada cidade.

Segundo a premiação do Idepe, as cidades com melhor índice nos anos iniciais do ensino fundamental são os municípios de Quixabá (6,41), Carnaíba (6,33) e Orobó (6,31). Já nos anos finais, os municípios que se destacam Panelas (5,94), Brejinho (5,74), Triunfo (5,47).

Em nenhuma das categorias das redes de ensino municipais foram eleitas escolas do Recife ou de municípios da Região Metropolitana.

Foram premiados pelo Idepe 2017 os três melhores colocados em 12 categorias (Foto: Reprodução/TV Globo)

Foram premiados pelo Idepe 2017 os três melhores colocados em 12 categorias (Foto: Reprodução/TV Globo)

Rede estadual de ensino

Na rede estadual de ensino, há apenas os anos finais do ensino fundamental. Das 10 melhores escolas da categoria, oito são do Sertão pernambucano, uma do Agreste e uma da Zona da Mata Norte.

Nesta categoria, foram eleitas com melhor resultado as escolas Tomé Francisco da Silva, de Quixaba, no Sertão, com nota 6,86, a Dário Gomes de Lima, de Flores, no Sertão, com 6,50 e a Professor Sebastião Ferreira Rabelo Sobrinho, de São José do Egito, na mesma região, com 6,39.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top