Sertânia realiza atividades alusivas aos 13 anos da Lei Maria da Penha

O Brasil comemorou nesta quarta-feira (7), 13 anos da Lei Maria da Penha, o principal instrumento de combate à violência doméstica no país. Para celebrar esta data, o Governo Municipal de Sertânia, por meio da Coordenadoria da Mulher em conjunto com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), preparou um cronograma de atividades que buscam conscientizar a população sobre o assunto.

As ações de cunho educativo pretendem alcançar os mais diversos públicos, bem como gerar uma mobilização em todos os setores. Durante o mês de agosto, distritos e povoados serão atendidos com palestras. Entre os trabalhos está a realização de rodas de conversas em escolas, sabendo que a informação é uma das ferramentas mais fortes de combate à violência contra a mulher. A proposta é que as crianças e adolescentes sejam multiplicadores dos conhecimentos adquiridos. O objetivo é popularizar a Lei Maria Penha.

Além disso, será realizada a distribuição de panfletos para esclarecer e alertar a população para as distintas maneiras com que a violência se materializa, assim como suas formas de prevenção, denúncia e medidas legais para o combate efetivo. A finalidade é ampliarmos a consciência.

A iniciativa também vai alcançar a empresa Ferreira Guedes. Nesta sexta-feira (9), os trabalhadores locados no distrito de Henrique Dias irão receber uma palestra proferida pela equipe do CREAS. Esse movimento acontece, ainda, na segunda-feira (12), voltado para os colaboradores do canteiro central, localizado na sede.  A ideia é que esse público seja esclarecido sobre os tipos de violência doméstica e aproveitem a oportunidade para tirarem dúvidas sobre o tema.

Ainda com foco na promoção do empoderamento feminino, será realizado no dia 20 de agosto um curso por meio do SEBRAE, com a temática: SEI VENDER, SEI COMPRAR, SEI EMPREENDER. O momento será oferecido para 30 mulheres de Sertânia.  Essa ação será realiza em parceria com o movimento Ela Pode (rede Mulher Empreendedora), Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, Secretaria Estadual da Mulher e SEBRAE.

As atividades em comemoração aos 13 anos da Lei Maria da Penha serão finalizadas com a Conferência da Mulher, que acontece no dia 3 de setembro. Além das ações pontuais para marcar esta data, existe em Sertânia uma rede de enfrentamento contínua, que visa garantir a integridade feminina.

A exemplo do CRAS, que realiza intervenções preventivas, disseminando informação e promovendo iniciativas que buscam gerar a cidadania da mulher.  Já o CREAS, auxilia as mulheres quando seus direitos são violados, em geral é colocada à disposição da vítima uma equipe multidisciplinar com advogados, psicólogo e assistente social. Sua responsabilidade é acolher e orientar em qualquer situação de violência doméstica e familiar.

O município ainda conta com a Coordenadoria da Mulher que executa e acompanha as políticas públicas de gênero. Todos esses órgãos integram as estratégias que visam à construção de uma sociedade, onde as mulheres tenham seus direitos reconhecidos e respeitados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 
Scroll To Top