Alunos da Escola Presidente Vargas retornam a instituição após reforma

Os alunos da Escola Presidente Vargas estão desfrutando desde segunda-feira (23) de um novo espaço. Os estudantes retornaram a unidade educacional após o local ser fechado para uma grande reforma e ampliação que transformaram por completo a estrutura da instituição. Enquanto as obras aconteciam o público da Presidente Vargas ficou provisoriamente na antiga sede do Rotary Club.

“Antes era um prédio muito antigo, hoje estamos funcionado com 9 salas de aula, laboratório de leitura, laboratório de informática, entre outros espaços. Tudo para que  tenhamos uma escola de qualidade”, destaca a diretora da Presidente Vargas, Maria Tereza Rabelo.

Os espaços já existentes foram requalificados e novos ambientes foram construídos. Foram feitas novas salas de aula, biblioteca, sala para atendimento psicológico, diretoria, secretaria, novos banheiros e refeitório.

Além disso, a unidade também está ganhando uma quadra coberta, essa em fase de conclusão. Todos os locais oferecem acessibilidade para os usuários da escola, que conta com uma sala do AEE (Atendimento Educacional Especializado).

A aluna Ane Caroline, do 5º ano aprovou a reforma. “Eu lembro que antes não tinha quadra, não tinha refeitório, nós lanchávamos dentro da sala de aula. Era bem mais difícil. Eu gostei muito da escola nova, eu adorei. Dá até mais vontade de vir para as aulas”.

O Governo Municipal também investiu na climatização do espaço. Todas as salas de aula dispõem de ar-condicionado para gerar mais satisfação ao aluno e professor, melhorando assim o processo ensino-aprendizagem. 

“Pra gente é muito confortável, temos ambientes climatizados, salas novas, quadros adequados. Ações que só favorecem o nosso trabalho e garantem o aprendizado do aluno. A educação de Sertânia só tem a ganhar com isso”, diz o professor do 5º ano, Wilton Augusto.

A Antonia Maira, mãe do aluno Caio, ressaltou o quanto os serviços feitos na Presidente Vargas geram satisfação também aos pais “a estrutura oferece segurança aos pais, porque a escola está realmente adequada para o ensino, então a gente vai para casa ou trabalhar tranquilo, sabendo que deixamos nossos filhos em um ambiente bem estruturado e com uma equipe capacitada”.

Para a obra foram investidos recursos próprios na ordem de R$ R$ 1.276.632,75. Com novos espaços, a Escola Municipal Presidente Vargas poderá acolher no próximo ano letivo um número maior de alunos. Hoje a unidade conta 424 estudantes nas modalidades: pré-escola; educação Infantil; e do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental.

A Secretária de Educação de Sertânia, Valdilene Góis destacou a importância desta grande obra “A nossa gestão tem buscado avançar em qualidade e para isso é preciso ter atenção a infraestrutura das nossas escolas. Uma obra como essa da Presidente Vargas permite que os alunos possam estudar em um ambiente adequado, que contribui para a qualidade do ensino”.

O Governo Municipal de Sertânia tem a consciência de que uma boa estrutura física influência de forma direta na permanência do aluno na escola, combatente o problema de evasão escolar. Além de gerar nos trabalhadores da educação a sensação de bem-estar, para que esses possam desenvolver de forma ainda mais qualificada seu ofício.

Outras escolas de Sertânia passaram por reforma, como a Etelvino Lins. O objetivo da atual gestão é melhorar cada vez mais a educação do município. A ideia é que tanto os estudantes quando os funcionários da educação usufruam de ambientes mais agradáveis e confortáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 
Scroll To Top