Básico de Licitações abre grade de cursos que oferece vagas aos gestores públicos municipais

O curso Básico de Licitações, que começou nesta segunda-feira (2), no Centro de Formação dos Servidores do Estado (Cefospe), é o primeiro de uma série que abrirá vagas para agentes públicos municipais. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), através do Escritório de Projetos, o Cefospe e a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). Ao todo, serão oferecidas mais de 100 vagas no mês de maio em 11 cursos diferentes. Os temas abordados serão gestão pública e planejamento, orçamento e licitações, compras, contratos e convênios.

Camila Cavalcante de Melo, controladora do município de Camutanga, foi uma das participantes do primeiro curso. A gestora da cidade da Mata Norte do Estado estava bastante entusiasmada com a oportunidade. “É uma iniciativa muito boa do Governo do Estado oferecer este tipo curso. Faz tempo que eu estou tentando me aperfeiçoar na área de licitação, mas é muito caro. Eu cheguei até a me inscrever em um, mas foi cancelado por falta de quórum”, afirmou.

Outro participante, Lucas Neves, assessor técnico administrativo do município de Moreno, Região Metropolitana do Recife, já está matriculado em outros cursos. “Espero aproveitar o máximo possível esta chance de me capacitar e levar o conhecimento para Moreno. Também vou fazer o curso de Elaboração de Projetos Siconv”, disse o assessor.

A ideia da Seplag e das instituições envolvidas é garantir que 10% das vagas dos cursos oferecidos pelo Cefospe sejam destinadas a servidores municipais de todo o Estado. O objetivo é estimular e fomentar, no âmbito da administração pública, um ambiente de permanente integração institucional, intercâmbio de conhecimentos e capacitação dos agentes públicos.

De acordo com Flávio Figueiredo, secretário executivo de Apoio aos Municípios da Seplag, até o fim do ano, serão cerca de mil vagas destinadas aos servidores municipais. Além da turma Básico de Licitações, nesta primeira semana de maio, também são oferecidos os cursos de Contabilidade aplicada ao setor público e Avaliação de políticas públicas. Os dois primeiros têm uma carga horária de 20 horas/aula, já o terceiro é de 40 horas/aula e será realizado até o dia 20 de maio.

O Escritório de Projetos foi criado no ano passado, dentro da estrutura da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, para dar suporte ao desenvolvimento municipal de forma integrada e regionalizada. Além de oferecer capacitação técnica para agentes públicos municipais, ele disponibiliza recursos para o financiamento de projetos de engenharia e apoia os municípios na captação e gestão de recursos e convênios. O primeiro edital do Escritório de Projetos destinou R$ 10 milhões para que os municípios financiem a elaboração de projetos de engenharia. No total, 49 propostas foram selecionadas.

Primeiras turmas do acordo entre Escritório de Projetos, Cefospe e Amupe:

Datas

Cursos

9 a 13 maio

Qualidade no Atendimento - 20 h/a

16 a 20 maio

Elaboração de Projetos SICONV - 20 h/a

16 a 27 maio

Noções Básicas de Direito Administrativo - 42 h/a

16 a 20 maio

Orçamento Público: Teoria e Prática - 20 h/a

18 a 25maio

Elaboração de Projetos no Setor Público  - 24 h/a

19 e 20 maio

Avaliação de Políticas Públicas - 40 h/a

23 a 27 maio

Empreendedorismo na Gestão Pública - 20 h/a

25/5 a 1/6

Básico para Elaboração de Termos de Referência - 24 h/a

30/5 a 3/6

Planejamento Estratégico - 20 h/a


Mensagem do deputado estadual Ângelo Ferreira a todos os Trabalhadores

Angelo_Trabalhador

Queremos expressar nossa homenagem aos trabalhadores!

Homens e mulheres, que verdadeiramente produzem, com seu trabalho, seu esforço, sua dedicação, utilizando a força física e também a força intelectual, para produzir efetivamente a riqueza do nosso país.
Parabéns Trabalhador!
  
Deputado Estadual – Ângelo Ferreira (PSB-PE)


Pernambuco recebe Programa Água Doce

A Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária – SARA iniciou mais uma ação que visa garantir a ampliação do fornecimento de água para a população do semiárido pernambucano. A primeira etapa do Programa Água Doce começou com uma oficina de capacitação para realização de diagnóstico socioambiental e técnico, no auditório do Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, na última terça-feira (26), com a presença do coordenador nacional do programa, Renato Ferreira. No dia seguinte, houve atividades de campo no município de Riacho das Almas.

O Programa Água Doce é um convênio formalizado entre o Governo de Pernambuco, por meio da SARA, e o Ministério do Meio Ambiente – MMA, para a implantação/recuperação de 170 sistemas de dessalinização, dos quais 20 serão unidades produtivas (que aproveitam a água de rejeito, para criação de peixes, e planta forrageira, para a alimentação de animais). Serão investidos R$ 37 milhões na ação, com contrapartida da SARA.

As ações irão beneficiar cerca de 60 mil pessoas em até 50 municípios.
Na primeira etapa do projeto, que consiste na realização de diagnósticos técnico, social, ambiental, cultural e produtivo das comunidades rurais, serão contemplados 20 municípios, escolhidos com base no Índice de Condição de Acesso a Água – ICAA, elaborado pelo MMA.

“Nossa missão é transformar desafios em oportunidade. Por isso, estamos implementando este importante programa, que vai levar água de qualidade para quem mais precisa”, afirmou o secretário Nilton Mota.

No evento de Riacho das Almas, estiveram presentes o prefeito Mota, seus secretários e vereadores, e ainda Henrique Veiga, representando o MMA; técnicos do IPA e da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar envolvidos no projeto. Dentre as atividades, houve uma visita ao dessalinizador do Sítio Camorim II, o primeiro da América Latina movido a energia solar.


H1N1: enfermeira erra e aplica insulina ao invés da vacina de gripe

O erro foi identificado pela própria aplicadora, que também injetou insulina pensando que era H1N1 em si mesma, alegando que as embalagens são parecidas / Foto: Pedro Ventura/ Agência Brasília

Pelo menos 50 pessoas foram vacinadas com insulina no lugar da vacina contra o vírus H1N1. O caso aconteceu com servidores do Hospital Municipal de Maringá, no Paraná. Segundo a prefeitura do município, vários servidores apresentaram reações ao medicamento e precisaram ser internados. 

A insulina é um hormônio utilizado por pessoas portadoras de diabetes para baixar os níveis de glicose no sangue e utilizado por pessoas que não tem a necessidade podem causa, além de sonolência, fraqueza e taquicardia, hipoglicemia e levar o paciente a óbito. 

Ainda de acordo com a prefeitura, o erro foi identificado pela própria aplicadora, que também injetou insulina em si mesma, alegando que as embalagens são parecidas. Os funcionários estão sendo atendidos pelos próprios médicos do hospital e permanecerão em observação até às 21h.

Um processo administrativo será aberto para investigar as responsabilidades.


Bancada de oposição desmente vereador Zequinha dos Correios

Camara_Sertania

Acusados pelo vereador Zequinha dos Correios de terem se recusado a votar o Projeto de Lei sobre a implantação do Piso Nacional dos Professores, os vereadores Antônio Almeida (PV), Edmundo Alves (PSB), Washington Passos (PSB) e Professor Ivan (PDT) da bancada de oposição em Sertânia informaram que aliado do prefeito faltou com a verdade.

Segundo os vereadores, o que seria colocado em votação era o Projeto de Lei que trata do parcelamento da dívida do município com o IPSESE, e que foi usada uma ferramenta regimental para obstruir a sessão plenária da última quinta-feira (28), barrando a manobra do líder do governo e do vereador Damião Silva, presidente da Casa, que aproveitando-se da ausência dos vereadores Antônio Henrique (PSB), Fabiano Tarcísio (PSB) e Orestes Neves (PT) queriam colocar em pauta um projeto polêmico e que precisa de uma ampla discussão.

Com informações: Sertânia News


Nota de esclarecimento do SINTEMUSE

Nota_Sintemuse


IF Sertão-PE realiza seleção simplificada para contratar professores substitutos

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) abriu inscrições, na última quarta-feira (27), para processo seletivo simplificado de Professor Substituto. São 13 vagas disponíveis em diversas áreas, para atuação nos campi Serra Talhada,Petrolina, Petrolina Zona Rural, Ouricuri, Salgueiro, Santa Maria, com regime de 40 horas semanais. A remuneração é de R$ 2.814,01 (para candidatos com graduação) e R$ 3.184,73 (para os que possuem especialização). 

As inscrições serão realizadas até o dia 12 de maio. Os candidatos interessados deverão acessar o edital nº 17/2016 no site do Instituto ou no Diário Oficial da União, preencher a ficha de inscrição no endereço eletrônico http://concurso.ifsertao-pe.edu.br/copese/, confirmando as informações referentes aos dados pessoais, opção de vaga, campus; e imprimir o boleto bancário para o pagamento da taxa de inscrição (R$ 60). Em seguida, deverão entregar a ficha de inscrição e o boleto pago no setor de Gestão de Pessoas dos respectivos campi da vaga de interesse. No campus Petrolina Zona Rural, até o dia seis de maio, o atendimento será realizado apenas até às 13h30. Posteriormente, no horário informado no edital.

O candidato terá até o dia três de maio para solicitar a isenção da taxa de inscrição no site e encaminhar a documentação comprobatória, podendo ser enviada pelos Correios. O processo seletivo constará das modalidades de Provas de Desempenho Didático (de caráter eliminatório) e da avaliação dos Títulos (de caráter classificatório). Ambas serão realizadas exclusivamente no campus de origem das vagas. De acordo com o edital, as provas de Desempenho Didático deverão ser realizadas nos dias 17 e 18 de maio. Outras informações, como cronograma, documentação necessária, procedimentos de contratação, conteúdos programáticos e outros itens podem ser encontradas no edital.

Clique aqui para acessar o edital nº 17/2016.


Empreiteira Mendes Júnior deixa rastro de obras paradas em Pernambuco

Em Pernambuco, a empresa Mendes Júnior deixou rastro de abandono em obras vitais para a mobilidade do Grande Recife. Nessa quinta-feira (28), a Controladoria Geral da União (CGU) declarou a empreiteira como inidônea e a empresa terá que passar dois anos sem assinar novos contratos.

Diretamente impactada pela Operação Lava Jato, a construtora descontinuou, desde o ano passado, três projetos: Corredor Leste-Oeste, Ramal da Copa e o contorno urbano BR-101. Um dos trechos mais importantes da transposição do Rio São Francisco, localizado em Salgueiro, também é tocado pela empresa.

Em nota, o Ministério da Integração explicou que, de acordo com as normas que regem a decisão, os contratos em andamento não devem sofrer rescisão automática em virtude da declaração de inidoneidade. “A decisão da Controladoria-Geral da União (CGU) só atinge licitações e contratos futuros”, informou o órgão. No início do ano, alegando incapacidade de pagamento, a construtora demitiu 200 funcionários do Lote 8 da obra, sem pagá-los.

Por causa da negligência nas obras do Corredor Leste-Oeste e do Ramal da Copa (liga Arena Pernambuco à cidade de Camaragibe), o governo do Estado aplicou, em 2015, multa de R$ 64 milhões à construtora. Na BR-101, a Secretaria das Cidades ainda está na fase do distrato.

A pasta era responsável por 30,7 quilômetros da rodovia – compreendido entre o Km 51,6 (Abreu e Lima) e Km 82,4 (Jaboatão dos Guararapes), conhecido como “contorno do Recife”.

Já o Corredor Leste-Oeste está sob análise da empresa de projetos Policonsult, que está avaliando as etapas incompletas. Após a conclusão do estudo, será efetuada nova licitação para contratar uma construtora para finalizar os serviços. Segundo assessoria da Secretaria das Cidades, a previsão é entregar a obra até 2017. O Ramal da Copa é o que está na situação mais complicada. Foram abertas cinco licitações, mas nenhuma empreiteira se habilitou para concluir as obras.

A reportagem do Jornal do Commercio procurou a empresa, por meio da assessoria de imprensa, no número disponibilizado no site, mas não conseguiu contactar a empreiteira.


Último dia para inscrições nos concursos das polícias Civil e Científica

As inscrições para os concursos das polícias Civil e Científica de Pernambuco chegam ao fim na noite desta terça-feira (26). Os canditados que ainda não se cadastraram pela internet precisam correr. Ao todo, o Governo do Estado está disponibilizando 966 vagas (destas, 100 são para delegados) e os salários variam de R$ 3.276,42 a R$ 9.079,81. As inscrições devem ser realizadas por meio do site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Os concursos são uma promessa do início da segunda gestão do ex-governador Eduardo Campos, mas só neste ano os editais foram lançados. O alto número de vagas visa atender ao déficit de profissionais de segurança no Estado – em um momento delicado em que a violência cresce e são precisos novos investimentos.

Para a Polícia Civil de Pernambuco, são 500 vagas para agente, 100 para delegado e 50 para escrivão. Já para a Polícia Científica são destinadas 316 vagas. Destas, 40 são para médico legista, 56 para perito criminal, 51 para perito papiloscopista, 73 para auxiliar de legista e 96 para auxiliar de perito.

Os valores das inscrições também variam por cargo disputado: R$ 160 para agente e escrivão e R$ 200 para delegado. Vale lembrar que apesar de as inscrições chegarem ao fim nesta terça-feira, o pagamento da taxa pode ser feito até o dia 12 de maio.


Conta de luz vai ter reajuste de 11,5% a partir de 29 de abril

O consumidor pernambucano residencial vai pagar 11,5% a mais na conta de energia elétrica a partir do próximo dia 29 de abril. O percentual foi aprovado na manhã desta terça-feira, durante reunião na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O valor ficou um pouco acima da expectativa, que previa um aumento próximo da inflação dos últimos 12 meses, que foi de 10,67%.

O percentual de 11,5% é dos consumidores de baixa tensão, que inclui todos os residenciais e os de baixa renda. A Celpe atende 3,5 milhões de unidades consumidoras.

O aumento do preço da energia vendida pela Celpe varia de acordo com o tipo de consumidor. As grandes indústrias terão um reajuste de 9,39%, as indústrias de porte médio ficarão com uma alta de 5,92% e os empreendedores de pequeno porte pagarão 6,79% a mais na conta de luz.

Os consumidores rurais terão um reajuste de 14,87%, enquanto o comércio e o poder público – classificados pela Aneel como consumidor B3 – terão um aumento de 11,61%.

Na média, os consumidores de alta tensão terão um reajuste de 6,77% e os da baixa tensão de 11,77%. Como o nome diz, os clientes de alta tensão são os que consomem numa rede própria que transporta a energia em alta tensão para ser usada por indústrias, grandes estabelecimentos comerciais, entre outros. Os clientes de alta tensão pagarão, em média, 6,77% a mais, enquanto os que consomem na baixa tensão (que é grande parte da rede da Celpe) ficarão com um aumento médio de 11,66%. Também são clientes de baixa tensão pequenos estabelecimentos comerciais, prédios públicos, entre outros. O aumento de todos os consumidores ocorre a partir do dia 29, próxima sexta-feir


Música, dança e poesia marcam o encerramento do IX Festival Literário do Sertão

O último dia do IX FLIS – Festival Literário do Sertão, promovido pela Prefeitura de Sertânia, por meio da Secretaria de Juventude, Esportes, Cultura e Turismo, em parceria com a Sociedade dos Poetas, Escritores, Compositores e Artistas de Sertânia – SAPECAS, levou a Caravana Cultural à Fazenda Conceição, pertencente a Ulysses Lins, que foi palco das suas memórias e é tão lembrada em sua obra.

A Caravana Cultural mostrou o trabalho que vem sendo realizado pela Escola Municipal de Música, Teatro e Dança com crianças e adolescentes sertanienses. A tarde começou com a apresentação do grupo “Feijão de Cordas”, formado por alunos da Escola de Violão, que apresentaram um repertório eclético, tocando ritmos variados intercalados com poesia. O grupo fez uma homenagem a Ulysses Lins e emocionou o público presente.

Em seguida, o Grupo de Danças Folclóricas Professora Elisabete Freire apresentou o Folguedo Junino, relembrando os festejos juninos do Nordeste, tão valorizados na prosa e nos versos de Ulysses. Houve também o “Sarau dos Sertões: Exaltação à Poesia Sertaneja”, com participação de poetas de Sertânia e Tabira, que declamaram sonetos, décimas, quadras e poemas de Ulysses Lins, fazendo uma verdadeira homenagem poética ao trovador.

Therezinha Lins (filha de Ulysses) e Leonardo Lins (Neto de Ulysses) agradeceram em nome da família pela homenagem feita a Ulisses no Festival Literário. “Estamos muito felizes com essa homenagem, um reconhecimento à belíssima obra de Ulysses Lins, obrigada pela participação e atenção do público. A Fazenda Conceição estará sempre de portas abertas para todos que queiram  pesquisar, estudar e conhecer melhor a obra de Ulysses Lins”, disse Therezinha.

O evento foi encerrado com a apresentação da Escola de Sanfona, que mostrou clássicos do forró nordestino e fez todos cair no forró. O IX FLIS, objetiva criar condições para a produção, divulgação e a recepção da poesia regional e da literatura infantojuvenil através de atividades que garantam a participação e interatividade dos alunos das escolas públicas e de toda população.


H1N1 para os grupos prioritários

Começa nesta segunda-feira (25) a segunda etapa da campanha nacional da vacinação contra o H1N1. Serão imunizados todos que estiverem dentro dos grupos considerados prioritários, como idosos e gestantes. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), mais de 2 milhões de pernambucanos estão nesse grupo. A expectativa é que, pelo menos, 80% das pessoas inclusas nos grupos prioritários sejam imunizadas até o dia 20 de maio. O Dia D de combate à gripe será no dia 30 de abril.

A dona de casa Jeane Maria de Andrade, 47, faz parte do grupo prioritário. Portadora de hipertensão arterial e diabetes, ela aguarda a chegada das vacinas na rede pública de saúde. “Já liguei para o posto de saúde do meu bairro, mas eles informaram que ainda não tinham as vacinas. Fico preocupada não só comigo, mas principalmente com a minha mãe, de 80 anos. Prometeram que, assim que tiverem o material, um agente de saúde virá na minha casa para aplicar a injeção nela”, afirma.

Até o momento, Pernambuco já recebeu do Ministério da Saúde 941.780 de doses da vacina. Segunda a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PNI/ PE), Ana Catarina de Melo, mais de um milhão de doses ainda chegará ao Estado nos próximos dias. Além da H1N1, a vacina serve para combater dois outros vírus da influenza: o H3N2 e o tipo B.

Há contraindicação para indivíduos com alergia grave ao ovo ou a qualquer outro componente da fórmula ou aqueles que apresentaram história de reação anafilática em dose anterior da vacina. “É bom desmentir alguns boatos. É impossível ser contaminado com a doença através da vacina, porque ela é produzida com vírus mortos”, explica Ana Catarina de Melo. A imunização, segundo dados da Secretaria de Saúde, pode reduzir de 39% a 75% a mortalidade global, e entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias.

Casos
Até o dia 9 de abril deste ano, o número de mortes provocadas pela Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em Pernambuco subiu de cinco para 14. Ainda não se sabe quais tipos de vírus causaram os óbitos. São 11 casos da influenza (H1N1) confirmados no Estado. A gripe já matou 153 pessoas no País. São Paulo é o estado mais atingido pelo surto. “Alguns cuidados podem evitar o contágio, como lavar sempre as mãos com água e sabão, não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar locais fechados ou com aglomeração de pessoas”, alerta Ana Catarina de Melo.

Imunização
A vacinação começa, nesta segunda (25), para:

- idosos
- crianças de 6 meses até 5 anos
- gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto)
- portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
- povos indígenas
- presidiários e funcionários do sistema prisional
- adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas


Saiba como pensam os senadores de Pernambuco sobre o impeachment de Dilma

Com processo de impeachment na Casa Alta, os três senadores de Pernambuco analisam situação em artigos e explicam votos.

Humberto Costa (à esquerda) é contra impeachment; Douglas Cintra (centro) segue mesmo posicionamento e Fernando Bezerra Coelho é favorável / Foto: Agência Senado

Foto: Agência Senado – Marcela Balbino

Após derrota na Câmara dos Deputados no processo de impeachment, por 367 votos a 137, a presidente Dilma Rousseff tem pela frente agora o julgamento do Senado. A votação que decidirá se a mandatária petista permanece no cargo ou será afastada por 180 dias deve ocorrer na primeira quinzena de maio.

Em meio à ebulição no meio político, o JC propôs uma reflexão sobre o processo de impedimento e foi ouvir os três senadores da República eleitos no Estado. Dois deles – Douglas Cintra (PTB) e Humberto Costa (PT) – são contra o impedimento. Fernando Bezerra Coelho (PSB) é favorável.

Humberto Costa: “Votarei com o sentimento do povo, contra o golpe”

Fernando Bezerra Coelho (PSB): “Impeachment é solução amarga, mas constitucional”

Douglas Cintra (PTB): “Impeachment não é panaceia”


Em meio ao caos nos presídios, novo secretário de Ressocialização é escolhido pelo Governo

Cícero Márcio de Souza, que trabalha no sistema penitenciário há mais de 15 anos, assume a Seres
Cícero Márcio de Souza, que trabalha no sistema penitenciário há mais de 15 anos, assume a Seres

Um dia após  Éden Vespaziano entregar o cargo, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) já está com novo comandante. O agente penitenciário Cícero Márcio de Souza Rodrigues, com mais de 15 anos de serviços no sistema, foi o escolhido pelo Governo do Estado para assumir a missão. Entre os desafios, o novo secretário terá que diminuir a falta de controle das unidades prisionais de Pernambuco, que continuam, em sua maioria, nas mãos dos detentos. A posse acontece na próxima segunda-feira (25), na sede da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

Coronel reformado da Polícia Militar, Éden Vespaziano deixou o cargo após um ano e três meses – pressionado por rebeliões, fugas em massa e falta de investimentos nos presídios. Oficialmente, a Seres afirma que o ex-titular alegou “motivos pessoais”. A informação foi antecipada pelo Pinga Fogo.

Nos últimos três meses, ele se viu diante de duas fugas em massa com repercussão internacional (ambas que haviam sido alertadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários) e com uma crise generalizada no sistema após a infeliz frase do secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, que afirmou que recebia com frequência ligações de detentos. O Ministério Público chegou a investigar a declaração, mas arquivou o processo.

A chegada de Cícero Rodrigues foi vista como positiva por agentes penitenciários ouvidos peloRondaJC. Foi apontado como profissional experiente, de boa conduta, rígido e que conhece bem os problemas do sistema prisional. A expectativa é positiva em relação a mudanças e apoio à categoria. Uma comissão já está sendo formada por agentes penitenciários para abrir um diálogo com o novo secretário e discutir algumas reivindicações.

“Pela primeira vez um agente penitenciário comandará o sistema prisional do Estado”, afirmou o secretário Pedro Eurico.

Perfil

Cícero Rodrigues, 45 anos, esteve à frente da Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica da Secretaria Executiva de Ressocialização (GISO/Seres) no período de 2007 a 2016. Ele é especialista em Políticas e Gestão em Segurança Pública pela Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP em parceria com a Faculdade Integrada do Recife. Tem experiência na área de segurança pública, com ênfase em Sistema Penitenciário. Possui aperfeiçoamentos diversos na área de Inteligência de segurança pública e penitenciária. É graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Católica de Pernambuco.


Revista Time elege juiz Sergio Moro entre 100 mais influentes

O juiz Sergio Moro éresponsável pelos processos da Lava Jato em primeira instânci / Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Do Estadão Conteúdo

juiz Sergio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância, foi eleito pela revista americana Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, ao lado de líderes com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o CEO da Apple, Tim Cook, e a cantora Adele. 

O magistrado é o único brasileiro mencionado neste ano. Em 2015, a revista havia incluído na lista o empresário Jorge Paulo Lemann e o surfista Gabriel Medina. Em 2014 também não havia nenhum brasileiro, mas foram citados os presidentes do Chile, Michelle Bachelet, e da Venezuela, Nicolás Maduro, e o então presidente uruguaio Pepe Mujica. Em 2013 foram eleitos o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa e o chef de cozinha Alex Atala.