Cantor e compositor sertaniense usa internet para lançar CD

Tarcisio Alves, iniciou uma desafiadora campanha com o objetivo de arrecadar recursos para o lançamento do seu primeiro Álbum solo "Tarciso Alves - Vivências".

Talentoso cantor e compositor, o sertaniense, Tarciso Alves, iniciou uma desafiadora campanha com o objetivo de arrecadar recursos para o lançamento do seu primeiro Álbum solo "Tarciso Alves - Vivências". O projeto foi lançado no site "Benfeitoria"  que faz mobilizações na internet voltadas para o apoio a projetos culturais.

Tarciso pretende produzir 1000 exemplares do seu primeiro Álbum, além de vender as faixas em plataformas virtuais. O repertório do CD terá canções de sua autoria e de outros compositores. Ao todo serão 12 canções.

"Apesar de estar hoje radicado em João Pessoa, Sertânia sempre tem espaço em meu trabalho e desta vez estou gravando nomes de poetas como Kalu Vital e Antônio Amaral que são referência na nossa música e estamos preparando um show especial de lançamento na época junina", disse Tarcísio, afirmando ainda que uma grande mobilização está sendo feita em torno do show de lançamento em Sertânia.

PARA COLABORAR - No endereço www.benfeitoria.com.br/vivencias, as pessoas poderão cadastrar-se gratuitamente e escolher como poderão contribuir para a arrecadação de uma quantia mínima para pagamento dos custos de gravação e dos shows. As recompensas por cada contribuição financeira estão dispostas entre 15 e 750 reais e vão desde receber downloads antes do lançamento, passando pela compra de CDs ou ingressos, até a contratação de pocket show particular.

Há também nos encartes e durante os shows espaço para os comerciantes ou empresários que desejarem ter sua marca divulgada.

A realização colaborativa de projetos na modalidade crowdfundig ou vaquinha virtual é uma novidade que vem dando certo para muitos artistas e já prova ser uma relação mais honesta de GANHA-GANHA, onde os projetos saem do papel com envolvimento total do público.

Acesse também: https://www.facebook.com/TarcisoAlvesBanda/photos_stream


Horizonte da Paixão completa 15 anos

Realizado pelo Sesc em parceria com a Prefeitura de Arcoverde, o Horizonte da Paixão chega aos 15 anos como um veterano cheio de garra e com ainda mais vivacidade. O espetáculo é encenado por artistas do Movimento Cultural, dos Grupos de Teatro do Sesc e da Terceira Idade Novo Horizonte entre 02 e 04 de abril, às 21h.

A cidade vira palco sobre os últimos dias da vida de Cristo, quando são montadas 40 cenas, todas com novidades a cada ano e mais de 150 pessoas no elenco, sendo considerada a maior do Sertão do Moxotó.

O Horizonte da Paixão tem início no Pátio do Cecora, e passa em via crucis pela Avenida Zeferino Galvão, e termina na antiga Estação Ferroviária. São cinco palcos distribuídos em um percurso de dois quilômetros. A apresentação acontece ao ar livre e pode ser acompanhada gratuitamente.

Estima-se um público aproximado de seis mil pessoas em cada um dos três dias de espetáculo. A direção é de Claudiney Mendes e a produção geral de Miro Carvalho.

 


Professores estaduais fazem assembleia e prometem radicalizar o movimento

Professores e profissionais administrativos da rede estadual de ensino têm assembleia geral marcada para as 14 horas desta terça-feira (31), na frente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe) para tomar conhecimento e deliberar sobre o resultado da rodada de negociação que só terminou no final da noite desta segunda-feira (30), na Secretaria de Administração, no Pina, Região Sul do Recife. “Avanço nenhum”, resumiu, às 23h, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), José Fernando de Melo, após mais de cinco horas de negociação. “A reação deve trazer um processo mais radicalizado”, avaliou.

“Tentamos construir caminhos, mas o Governo insisti no Projeto (de Lei 79) e a categoria não se sente contemplada pela Legislação. O sentimento é de muita indignação”, ressaltou o presidente do Sintepe. Embora faça referência à implantação do reajuste do Piso Salarial Nacional dos Professores, o texto do projeto prevê a aplicação dos 13,01% de reajuste apenas para os professores com formação de nível médio (antigo Magistério). Os demais teriam reajuste de apenas 0,89%, que seriam suficientes apenas para que não ficassem com salários menores que os educadores com formação de Nível Médio, desconsiderando o Plano de Carreiras e achatando as perspectivas de melhoria de remuneração.

Além da mobilização promovida pelo Sintepe, o Projeto de Lei 79 enfrenta, também nesta terça, no mesmo horário, audiência pública na sede do Ministério Público de Pernambuco (MP-PE), primeira etapa de uma investigação pela Promotoria de Justiça em Educação para esclarecer se o Governo Estadual está cumprindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso Salarial Nacional do Magistério. O secretário de Administração de Pernambuco, Milton Coelho (PSB), está convocado por ser o responsável pelas negociações salariais com servidores públicos.

O objetivo de realizar a assembleia junto à Alepe é cobrar dos deputados o compromisso com os cerca de 73 mil profissionais da rede estadual de ensino, pelo respeito à Lei do Piso Salarial. Os 48 mil professores da ativa e 5,5 mil administrativos estão em estado de greve desde o dia 13 de março e realizaram paralisação de advertência na quarta (25) e quinta-feira (26). Segundo o Sintepe, a adesão alcançou média de 80%, com picos de 100% em Goiana, na Região Metropolitana do Recife, e 98% em Petrolina, no Sertão.


Pernambuco notifica 3,5 mil novos casos de dengue em uma semana

Os casos de dengue continuam a crescer em Pernambuco. O último boletim da divulgado nesta segunda-feira (30), pela Secretaria Estadual de Saúde, quantificou 12.023 casos notificados, dos quais 1.778 foram confirmados. Isso significa um aumento de 362,07% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram 2.602 casos, sendo 847 confirmados, e também um aumento de 3,5 mil casos notificados em relação ao penúltimo boletim, do dia 14 deste mês. Só no Recife, a capital, os casos notificados são 3,936, número que cresceu em 900 casos desde o penúltimo boletim.

A dengue está distribuída em 151 municípios do estado, 13 a mais do que na penúltima divulgação de dados. Os municípios com o maior número absolutos de casos notificados são: Recife, Camaragibe (564), Jaboatão dos Guararapes (550) e Goiana (541).

Já os dez municípios mais incidentes (número de casos por 100 mil habitantes), no período compreendido entre os dias 25/01 e 21/03, foram: Pedra (934,80), Goiana (616,96), São José do Egito (596,60), Iguaraci (552,94), Condado (542,29), Venturosa (526,43), Surubim (446,19), Buenos Aires (416,22), Sanharó (415,38) e Lagoa do Carro (388,47), todos com alta incidência.

Segundo a coordenadora do Programa de Controle à dengue e chikungunya da SES de Pernambuco, Claudenice Pontes, o estado está monitorando o crescimento nas notificações e fazendo bloqueio nas cidades com incidência alta.

“Os carros de UBV pesado (fumaceiro) já estão nesses locais desde a semana passada, então a gente espera que a partir da próxima semana os casos comecem a reduzir. Os casos são decorrentes da densidade vetorial, desde janeiro estamos observando um índice de infestação do mosquito alto nesses municípios”, afirmou ela.

Claudenice Pontes esclareceu ainda que o aumento de depósitos para armazenamento de água e o clima atual favorecem o surgimento de focos do mosquito. “A impressão que temos é de que a gente consegue controlar em determinados municípios, mas os casos surgem nas cidades do entorno.” Nesta semana, o estado irá avaliar a passagem do carros fumaceiro por Camaragibe e Sanharó.

O boletim evidenciou ainda 22 casos de dengue grave notificados, dos quais 14 confirmados. No mesmo período de 2014 foram 15 confirmações. Nove óbitos suspeitos foram notificados nas cidades de Araçoiaba, Bonito, Cortês, Jaboatão, Machados, Nazaré, Recife (2) e Cabo, estando em investigação. De acordo com a Secretaria de Saúde do Recife, os dois casos foram descartados. No mesmo período de 2014, houve a notificação de 18 óbitos suspeitos, sendo 15 confirmados.

“As pessoas ainda não sabem da importância de procurar a unidade de saúde. Além de receber orientações, é feito o registro. A dengue é uma doença sistêmica na dinâmica, pode atingir vários órgãos e mudar de uma forma leve para grave, por isso é importante estar atento aos sinais”, esclareceu a coordenadora estadual.

Os sintomas de dengue grave são pele pegajosa, vômitos persistentes e dores abdominais intensas. Para evitar que a doença se agrave, a dica é manter a hidratação constante.

Nacional

O Ministério da Saúde promove nesta terça-feira (31), em Brasília, a Reunião Macrorregional Norte e Nordeste sobre dengue e chikungunya. O encontro, que tem como objetivo debater a situação epidemiológica da dengue e da febre chikungunya no Brasil e nestas regiões, reúne representantes das secretarias de saúde dos estados e dos municípios do Norte e do Nordeste.


Movimento quer que governo federal conclua Transposição e Adutora do Agreste

Obras da Transposição do Rio São Francisco. Foto: Moreira Jr/Ministério da Integração

Em Arcoverde, no Sertão pernambucano, um grupo de políticos quer organizar um movimento para tentar sensibilizar o governo federal a concluir as obras da Transposição do Rio São Francisco e da Adutora do Agreste, beneficiando 70 cidades do Agreste e do Sertão que estão sofrendo com a estiagem.

O movimento, que se denomina “Comitê Comunitário e Suprapartidário Pro-Águas de Pernambuco”, está sendo organizado por Israel Guerra, que disputou a Prefeitura de Arcoverde em 2012 pelo PCdoB.

“Nos estamos sentindo que a articulação política do governo do Estado, atualmente, é insuficiente para sensibilizar o governo federal. A gente acha que é necessário uma mobilização popular”, disse Israel, em conversa com o Blog de Jamildo.

O primeiro encontro do grupo está marcado para esta quarta-feira (1º), na sede do Democrático Sport Clube, em Arcoverde.

Prefeitos de 68 cidades serão convidados, além de representantes de igrejas, associações comunitárias e da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape).

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota (PSB); e o deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD), devem comparecer ao ato.

Segundo Israel, o objetivo inicial é buscar articulação política para a proposta. Num segundo momento, o grupo deve realizar mobilizações de rua. O bloqueio de estradas não está descartado


Crime: nome de Carlos Percol é usado para assinar site em defesa de Michel Temer presidente

Foto: Arquivo/Social1

Quem criou e registrou secretamente o site www.micheltermerpresidente.com nos Estados Unidos não foi só esperto. Tudo indica que o autor do site que lança Michel Temer para substituir Dilma Rousseff também cometeu um crime.

No dia 17 de março, foi registrado o endereço em português do site, o www.micheltemerpresidente.com.br, que redireciona o internauta para o site original, hospedado nos Estados Unidos.

O problema é que o site foi registrado no nome de Carlos Augusto Ramos Leal Filho. Para quem não lembra, trata-se de Carlos Percol, o assessor de imprensa morto no mesmo acidente que seu chefe, o presidenciável Eduardo Campos, em 13 de agosto de 2014.

Da coluna Rada, de Lauro Jardim, na Veja.com:


Sintepe fará assembleia geral nesta terça-feira às 14h

O Sindicato dos Professores do Estado de Pernambuco (Sintepe) fará uma assembleia geral na próxima terça-feira, às 14, em frente à Assembleia Legislativa, para decidir se aceita a proposta salarial do Governo do Estado ou se decreta greve por tempo indeterminado.

Quarta e quinta-feira da semana passada o Sindicato decretou “greve de advertência” pelo fato de o Governo ter proposto um reajuste de 13% apenas para os professores que ganham abaixo do piso salarial.

Nesta segunda (30) haverá uma nova rodada de negociações com o secretário de Administração, Milton Coelho. Se este acenar com algo concreto, a categoria aguenta. Do contrário, a greve pode ser deflagrada no dia seguinte


FEM 3: prefeito de Itapetim vai construir ponte sobre o Rio Pajeú

Reconhecendo que a AMUPE tem desempenhado um papel importante na defesa dos municípios, o Prefeito de Itapetim Arquimedes Machado elogiou a realização do 2º Congresso Pernambucano dos Municípios. Falando a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM, Arquimedes fez críticas à redução de repasses do Governo Federal as Prefeituras, ao que definiu como descaso.

A respeito do FEM, o gestor de Itapetim destacou o investimento em obras de convivência com a seca em 2013, obras estruturadoras como ponte, pavimentação e praça em 2014.

Sobre o 3º FEM oficializado pelo Governador Paulo Câmara, Arquimedes disse que já definiu o que fazer. O prefeito declarou que a expansão de Itapetim só tem hoje dois caminhos: de um lado a saída para São José do Egito e o outro para São Vicente. Daí o caminho será construir uma ponte sobre o Rio Pajeú, onde fará a desapropriação de um terreno para construção de novas casas.

Chuva forte não livrou Itapetim do carro pipa :  Ao registrar 78 milímetros na semana passada, Itapetim foi beneficiada com a maior chuva dos últimos três anos, de acordo com informação do Prefeito Arquimedes Machado. Na zona rural os açudes receberam bastante água e a situação de pasto para os animais melhorou. Enquanto isso, na cidade o quadro não foi alterado. O abastecimento com carro pipa continua.

Do Blog de Nill Junior


Ângelo Ferreira vistoria obra da estrada de Rio da Barra‏

IMG-20150328-WA0017

O deputado estadual Ângelo Ferreira (PSB) visitou a obra da estrada do distrito de Rio da Barra em Sertânia na manhã deste sábado (28), acompanhado dos vereadores Fabiano de Zé do Ônibus, Fiapo e Washington Passos.

A obra está avançada e um trecho dos 8,7 quilômetros já está recebendo a primeira camada de asfalto.

A estrada liga as rodovias PE 280 e BR 232 passando pelo distrito de Rio da Barra e pelo Povoado de Waldemar Siqueira


Funase é destaque no Jornal Nacional

A Fundação de Sistema Socioeducativo (Funase) teve grande destaque na edição do Jornal Nacional desta quinta-feira (26). Na ocasião, o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Jaboatão dos Guararapes foi evidenciado como um dos modelos de ressocialização de adolescentes que cumprem medida socioeducativa. A matéria de 5:24 minutos fez parte de uma série de reportagens especiais que fala sobre o sistema socioeducativo.

A equipe de reportagem, formada pelo repórter Marcos Losekann e pelo repórter cinematográfico João Raimundo, além da equipe técnica, passou parte da manhã e tarde do dia 10 de fevereiro gravando imagens das atividades realizadas na unidade. Aulas no anexo da Escola Estadual Frei Jaboatão, além das oficinas de robótica, bordado, artes plásticas e capoeira foram destacadas.

Entre os entrevistados estiveram os professores Maguerite do Rêgo Barros e Adalberto Teles Marques e o instrutor de capoeira César Gomes da Silva. Dois ex-internos do Case também ganharam destaque. Um deles, que participou da oficina de capoeira na unidade, atualmente é mestre da arte. O outro teve aulas de informática e robótica e hoje em dia é professor de computação.

Além do Case Jaboatão, foram mostrados mais dois exemplos de casos que dão certo. O primeiro foi em Recanto das Emas, localizada a 30 km de Brasília, no Distrito Federal. Na ocasião, destaque para as aulas do curso de estofador. O segundo exemplo mostrou um jovem de São Paulo que fez um curso de mecânica e atualmente é funcionário modelo na oficina em que trabalha.

UNIDADE – O Case Jaboatão é uma unidade de internação que atende ao público masculino dos 12 aos 15 anos. Localizado no bairro da Vista Alegre, é considerado um modelo de ressocialização no Brasil. O modelo implantado no Case Jaboatão venceu, em 2014, a categoria especial do Prêmio Innovare, que contempla medidas que modernizam e tornam a Justiça mais eficiente.

Confira o vídeo no site do Jornal Nacional: http://goo.gl/zbXenx


Fernando Bezerra Coelho apresenta projeto para evitar mudanças tumultuadas no orçamento da União

Já começou a tramitar Projeto de Lei do Senado-Complementar (PLS), apresentado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB/PE), que altera a Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo com o PLS, medidas relacionadas à alteração do superávit fiscal só poderão ser apresentadas até o final do primeiro semestre do ano e desde que seja em virtude de eventualidades ou cenários não previstos no momento de aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), como efeitos de calamidade pública, guerras ou crises internacionais.

O PLS foi protocolado, esta semana, na Secretaria Legislativa do Senado e deverá ser encaminhado para apreciação da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), da qual o senador é membro titular. Segundo o parlamentar, o objetivo do PLS é evitar situações como aquela ocorrida no final do ano passado, quando o Executivo enviou ao Congresso Nacional, em novembro, proposta de alteração da LDO às vésperas do fim do exercício financeiro. ​

“O fiel cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal é o meio eficaz de colocar o Brasil cada vez mais nos trilhos da organização tributária”, argumenta o senador. “O planejamento de investimentos, sem que sejam alteradas as regras no final do exercício fiscal, é necessário para um país que procura ter credibilidade e ser reconhecido nacional e internacionalmente, como é o caso do Brasil”, completa.

Fernando Bezerra lembra, ainda, que nas medições das agências internacionais de risco de investimento, a credibilidade de um país é medida, em boa parte, por seu rigor fiscal e pela transparência na governança. “Temos acompanhado diferentes nações que, devido à falta de planejamento orçamentário e por medidas econômicas equivocadas, afundaram-se em crises que os levaram à estagnação econômica; fruto, em grande parte, da irresponsabilidade fiscal”, observa o senador.

Na justificativa do PLS, Fernando Bezerra destaca que o Brasil, há cerca de duas décadas, caminha rumo à organização de suas contas em virtude, principalmente, da criação do Plano Real e da instituição da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Ou seja, o país não pode cometer falhas no planejamento fiscal, sob pena de trazer grandes prejuízos à população ao por em risco as estabilidades monetária e fiscal conquistadas a duras penas”, destaca o senador.


Oposição: Josinaldo vence eleições na UVP

O candidato da oposição, Josinaldo Barbosa, venceu a disputa com 429 votos as eleições para diretoria da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). O candidato à reeleição, Biu Farias, recebeu 419 votos dos 848 computados. A eleição terminou na tarde desta sexta-feira (27).


Armando Monteiro discute plano de exportação com empresas de Pernambuco

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, reuniu-se nesta sexta-feira (27) com os representantes das maiores empresas exportadoras de Pernambuco para colher contribuições ao Plano Nacional de Exportação, que está sendo finalizado pelo governo federal e que deve ser lançado nas próximas semanas com o objetivo de estimular as vendas do Brasil, ampliando mercados e as oportunidades de emprego no país.

“O Brasil precisa aproveitar melhor as oportunidades que estão surgindo. Temos que nos associar aos fluxos de comércio e às regiões com maior dinamismo para procurar novas janelas de oportunidade. E sinalizamos para isso ao fazermos a nossa primeira viagem ao exterior exatamente aos Estados Unidos, que é o principal mercado de manufaturados do Brasil, que voltou a crescer e que oferece possibilidades muito promissoras para o nosso país”, ressaltou Armando Monteiro, durante o encontro realizado na sede da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe).

Participaram do encontro, articulado pela diretoria da Fiepe, cerca de 30 representantes de grupos como Acumuladores Moura, João Santos, Oxinor, Engarrafamento Pitú e Petroquímica Suape. Visando aprofundar a discussão com os empresários, o secretário de Comércio Exterior do Ministério, Daniel Godinho, participou da reunião e foi especialmente destacado por Armando Monteiro para aprofundar o diálogo com os empresários.

Ao lado do presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, o ministro também ressaltou que “Pernambuco tem que ter uma participação importante no Plano Nacional de Exportação”. Na opinião dele, o plano precisa ter uma visão regional também. “A base exportadora no Brasil é ainda muito concentrada. Acho muito importante um esforço para que a gente possa engajar a média e a pequena empresa no país. Nesse sentido, o papel das Federações é muito importante”, salientou.


PE desacelera após recado de Dilma

Da Coluna Folha Política

Da reunião com a presidente Dilma, o governador Paulo Câmara trouxe, na bagagem, uma regra clara: o Governo Federal não irá avalizar empréstimos internacionais para os Estados. Em outras palavras, havia expectativa de captação de R$ 1,7 bilhão, por essa via, para Pernambuco – valor que, somado a outros recursos, resultariam num total de R$ 3 bilhões previstos para investimentos em 2015. Após o papo com Dilma, a esperança se desfez. “Vamos desacelerar e investir R$ 1 bilhão em 2015”, adverte o secretário estadual de Planejamento, Danilo Cabral. Ao se dirigirem a Brasília, os governadores do Nordeste até estavam dispostos a abrir mão de verbas no OGU, mas pleiteavam autorização para empréstimos no exterior. A presidente nem afiançou o pedido de crédito, nem será possível obtê-lo por meio de convênios e transferências voluntárias. Dilma chamou nove governadores para anunciar nada e transferiu para eles o ônus de convencer o Congresso a aprovar o ajuste fiscal.

A presidente convocou os governadores – sedentos de diálogo desde janeiro – para dizer que, se quiserem negociar, primeiro terão que aprovar ajuste fiscal

Endereço errado
Secretário estadual de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral critica a cobrança, feita pela presidente Dilma, a governadores do Nordeste em relação ao ajuste fiscal. “Antes de cobrar apoio dos governadores, ela deveria convencer os parlamentares do PT, no Congresso Nacional, que se recusam a apoiar o ajuste”. E sapeca: “Quem pariu Mateus que embale!”.

Até tu! - Nem o governador Ricardo Coutinho (PB), aliado da presidente, acatou proposta, feita pelos petistas Camilo Santana e Wellingnton Dias, de expressar defesa contundente de Dilma. “Não viemos aqui para fazer defesa incondicional da presidente”, advertiu Coutinho.

Não deu - Na reunião preparatória, os governadores do PT trabalharam para que a carta entregue a presidente Dilma contivesse declaração explícita de apoio a ela.

Nem tanto - “Não houve sentimento de aprovação ou solidariedade a Dilma. Foi ato de solidariedade, em defesa do estado democrático de direito”, dispara Danilo Cabral.


Manobra adia votação de projeto de lei sobre piso dos professores

Uma manobra articulada pela deputada Teresa Leitão (PT), presidente da Comissão de Educação e Lazer da Assembleia Legislativa, conseguiu adiar para a próxima terça-feira (31) a votação do projeto de lei 79/2015, que trata da concessão do piso salarial aos professores da rede estadual. A proposta seria levada a plenário na tarde desta quarta-feira (25), mas foi retirada da pauta após um acordo com os líderes do governo e da oposição, deputados Waldemar Borges (PSB) e Sílvio Costa Filho (PTB), além do presidente da mesa diretora, deputado Guilherme Uchoa (PDT).

O projeto foi enviado à Casa de Joaquim Nabuco no último dia 13 e desde então tem sido alvo de inúmeros debates. A oposição acusa o governo de enviar um texto incompleto, que contempla com os 13,01% de reajuste apenas os docentes com nível médio. Do outro lado, o governo argumenta que a ideia é ajustar as distorções que ainda existem, para que nenhum dos professores do estado receba menos do que os R$ 1.917,78 impostos pela Lei Federal. Outra crítica da oposição é que o projeto foi enviado pelo Executivo antes de qualquer discussão com a categoria. Com o impasse, professores decretaram estado de greve.

Nesta quarta, durante sessão ordinária na Assembleia, Teresa foi à tribuna sob os olhares de vários docentes presentes na galeria, para falar da decisão dos deputados de postergar para a próxima terça a votação. Um dia antes, professores deverão se reunir com os secretários de Administração, Milton Coelho, e de Educação, Fred Amâncio, para tentar alterar o texto original.

A deputada explicou que a decisão de retirar o projeto da pauta de hoje foi uma estratégia para dar mais tempo à categoria e ao próprio governo para que cheguem a um denominador comum. “O projeto entrar sem o processo de negociação estar todo concluído é ruim, ainda mais em um momento em que a categoria está em estado de greve. Isso poderia acirrar mais ainda o processo. Os ânimos não estão tranquilos pois há perdas para setores significativos da categoria com esse projeto e, por isso, nós não discutimos na comissão”, explicou. Teresa destacou que a manobra foi regimental, pois o prazo para o parecer da Comissão de Educação ainda não havia expirado.

A petista acrescentou que há uma diferença importante de impacto econômico entre a proposta do governo e a proposta feita por ela, através de emenda, que contempla toda a categoria com o reajuste. “A gente está com duas propostas bem antagônicas do ponto de vista do impacto financeiro. Uma proposta de aplicar o piso na base da carreira, com os rebatimentos próprios e a proposta do governo que contempla só quem recebe menos de R$ 1.917. A deles dá R$ 17 milhões/mês, a nossa dá R$ 232 milhões/mês. Tem uma intermediária, não sei os elementos que eles utilizaram para o cálculo, que dá R$ 123 milhões/mês. Então, há dúvidas, inclusive no impacto da proposta. O que o sindicato quer é que esses dados sejam colocados na mesa”, avaliou.