Imóveis do ”Minha Casa Minha Vida” são depredados em Arcoverde

150 casas do Residencial Maria de Fátima Freire faltam ser entregues / Foto: Reprodução/Google Maps

Casas do conjunto habitacional Maria de Fátima Freire foram depredadas e roubadas, em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Os imóveis, que pertencem ao programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, ainda estavam desocupados.

Na segunda-feira (2), moradores do residencial notaram que, as casas que ainda não haviam sido entregues, tiveram as portas arrombadas, janelas danificadas, vidros quebrados. Além disso, caixas d’água, aquecedores, pias, torneiras e vasos sanitários haviam sido roubados.

De acordo com a denúncia dos moradores, a suspeita é de que os autores da depredação sejam as famílias que não conseguiram moradia. Ainda denunciam que os suspeitos também ficam no local “tirando a paz e prejudicando as famílias” que já moram no local.

Nota da Prefeitura

Em nota, a prefeitura do município informou que algumas casas do conjunto habitacional faltam ser entregues por conta de uma pendência na documentação dos beneficiários. Mas, além do atraso da entrega de documentos, a prefeitura reconhece que  Banco do Brasil tem colocado dificuldades na solução da questão.

Também foi publicado pela prefeitura que a Secretaria de Assistência Social, juntamente com a assessoria jurídica, irão até São Paulo, resolver questões burocráticas no Centro Operacional Habitacional do Banco do Brasil (Cenop), para assim, entregar as mais de 150 casas que ainda faltam ser concedidas aos beneficiários.

Em relação à segurança cobrada pelos moradores do Maria de Fátima, a prefeitura destaca que a responsabilidade da defesa  e patrulha dos imóveis é da Polícia Militar.

Informações: Rádio Jornal

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 
Scroll To Top