Aração de terra e recuperação de estradas é constante, na Zona Rural de Sertânia

Depois de um período de fortes chuvas na Região, a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Sertânia intensificou a aração de terra e a recuperação das estradas que dão acesso à Zona Rural do município. Segundo o secretário da pasta, o também vice-prefeito Toinho Almeida, o grande foco do Governo Municipal, nas últimas semanas, foi o serviço de aração.

“Iniciamos, desde o mês de fevereiro, quando começaram a cair as primeiras chuvas de forma isolada. Temos três tratores, que são patrimônio da Prefeitura, e fizemos uma parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais para ajudar nesse processo com três outras máquinas. E, com o aumento do volume de chuvas, contratamos mais seis. O esforço é grande para tentar atender as propriedades desse grande território”, comenta.

Sertânia conta com cerca de 5 mil pequenos agricultores e o secretário alerta para a dificuldade de contemplar 100% das propriedades. No entanto, são mais de 10 máquinas trabalhando, diariamente. “Quase metade já foi atendida. Entramos em Henrique Dias, Maniçoba, Fazendinha e na região do Urubu e Jacuzinho. Estamos num esforço em conjunto para atender um número máximo de produtores possível”, explica.

Depois de quase oito anos seguidos de seca, a região vem sendo contemplada com um grande volume de precipitação de água. No entanto, esse alto índice pluviométrico causa transtornos. Por isso, a Secretaria vem trabalhando também no processo de recuperação das estradas, com a operação tapa-buracos, no campo. O serviço tem sido realizado, por exemplo, na região de Algodões, onde também houve um trabalho preventivo em alguns barreiros que sofreram risco iminente de destruição. “Contornamos a situação em Algodões, como também em Albuquerque Né. E estamos em alguns sítios, como no Bom Nome e Macambira”, explica.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 
Scroll To Top