Prefeitura de Sertânia faz Conselho Tutelar do município perder veículo

Em solenidade na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), o Governo Federal entregou, na tarde da quarta-feira (13), kits de equipamentos para Conselhos Tutelares a municípios de Pernambuco. O kit foi criado para ajudar no funcionamento dos conselhos nos Estados e é composto por 01- carro zero KM, cinco computadores, uma impressora multifuncional, um bebedouro e um refrigerador.

Para ter direito ao kit o município precisava se inscrever através de seus Conselheiros Tutelares e do prefeito do município. Após publicação da solenidade de entrega pela imprensa do estado, nossa redação entrou em contato com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e ao passar para o setor responsável nos informaram que o município de Sertânia não foi contemplado nesta ocasião porque o prefeito Guga Lins além de ter preenchido o formulário de inscrição errado, esqueceu-se de preencher a última página do documento, ou seja, enviou em branco.

Como se não bastasse as constantes violações de direitos no que se refere às péssimas condições dos serviços públicos no município de Sertânia, o prefeito Guga Lins, por descuido e falta de atenção, negligenciou mais uma vez a atuação do Conselho Tutelar.

Foram beneficiados com os kits nessa nova entrega os municípios de Agrestina, Vertente do Lério, São Caetano, Garanhuns, Igarassu, Afrânio, Petrolina, Brejo da Madre de Deus, Nazaré da Mata, Águas Belas e Goiana. Também já receberam os equipamentos os municípios de Orocó e Surubim.

Escola Técnica realiza evento sobre diversidade cultural

Na tarde da ultima terça-feira (19), a quadra da Escola Técnica Estadual Arlindo Ferreira dos Santos, Sertânia/PE, foi palco de  um grande evento voltado para diversidade cultural existente na escola. A atividade foi uma grande ação do  SISMédio (Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ensino Médio) pelo Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio.

A atividade contou com a participação dos professores-cursistas: Adelmo de Assis, Eduardo Rodrigo, Francisco Vicente, Gilva Gomes, Flávio Magalhães, Luciana Alexandre, Marcos Lira, Marizete Queiroz, Rômulo César, Rute Melo e Sheila Magda. Do Orientador de Estudos Ferdiramar Farias. Do gestor Júlio César e demais professores da escola.

O evento teve início com uma breve explanação, por parte do Orientador de Estudos, sobre a ação do pacto na escola, ressaltando o compromisso dos professores- cursistas em participarem efetivamente dos encontros e realizarem um estudo eficaz. Logo em seguida, os estudantes fizeram várias apresentações musicais, de estilos diversos, do Rock ao Arrocha, da quadrilha às toadas de vaquejada, os aboios, do sertanejo a músicas evangélicas, entre outras.

Essa diversidade, presentificada na escola, é a confirmação da heterogeneidade que permeia as salas de aula, os corredores da escola, no contexto atual, da sociedade brasileira. Ações, como essa, mostram que a escola está aberta para as juventudes, que constituem o cenário educacional do século XXI. A partir dessas práticas, a ETE Arlindo Ferreira dos Santos concretiza sua filosofia de que, educação de qualidade, faz-se, entre outras premissas, com respeito à diversidade, e, principalmente, com valorização e incentivo constante às diversas vozes que ecoam no dia-a-dia da escola.

– See more at: http://www.moxotodagente.com.br/#sthash.zE6xIV23.dpuf

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 
Scroll To Top