Pernambuco: aulas presenciais serão retomadas em outubro

Desde o dia 18 de março que as aulas presenciais estão suspensas em Pernambuco. Após seis meses de suspensão, devido à pandemia da Covid-19, o Estado anunciou, na coletiva de imprensa desta segunda-feira (21), a retomada de aulas presenciais. Na primeira etapa, apenas os estudantes do último ano do ensino médio retornarão ao ensino presencial, no dia 6 de outubro. A orientação é tanto para escolas da rede estadual quanto para escolas da rede privada. 

No mês de outubro, a previsão é de que todas as turmas do ensino médio possam voltar às aulas presenciais. A partir do dia 6, os estudantes do terceiro ano do ensino médio; a partir do dia 13, estudantes do segundo ano do ensino médio; e, a partir do dia 20, estudantes do primeiro ano do ensino médio. 

De acordo com o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, a volta das aulas presenciais só poderia acontecer em uma etapa avançada da convivência com o vírus. “Só avançaríamos para o início do processo de aulas presenciais em nossas escolas quando a gente pudesse avançar para a etapa 8 do plano de convivência no nosso Estado”, explicou. O secretário ainda informou que a discussão sobre a retomada de aulas presenciais já é tema das discussões do comitê de enfrentamento à Covid-19 no Estado desde o mês de maio. 

O protocolo de retomada das aulas, já divulgado pelo Governo do Estado no mês de julho, vai ser atualizado e divulgado ainda esta semana, de acordo com o secretário.

Escalonamento de horários, distanciamento entre os estudantes, medição de temperatura, monitoramento de casos suspeitos e testagem dos contactantes destes casos são algumas das medidas necessárias para a retomada de aulas presenciais em todas as escolas do Estado. 

A decisão pelo retorno do estudante será feita pelos seus pais ou responsáveis, sendo de caráter opcional. O ensino remoto ainda será ofertado para os estudantes. A orientação também é para que estudantes, professores e trabalhadores da educação que façam parte de grupos de risco não voltem às atividades presenciais. 

De acordo com o protocolo de retomada, cada escola deverá realizar seu planejamento pedagógico. “As datas são uma autorização para o processo de retomada, mas as instituições irão decidir sobre seus protocolos de retomada”, explicou Fred Amâncio. 

Nas escolas da rede estadual já foram entregues escudos faciais, termômetros e máscaras de proteção. Além disso, todas as escolas da rede estadual que retomarão o ensino também receberam totens de álcool em gel.

 

Deixe uma resposta