Mundico Laet recebe homenagem do Rotary Club

O historiador sertaniense Raimundo Sá Laet Cavalcanti de 94 anos, conhecido por todos como Mundico Laet, recebeu na noite do último sábado (15) uma homenagem do Rotary Club Centenário em solenidade realizada no Restaurante Casa Nobre com a presença de rotarianos de várias cidades da região e familiares. Na ocasião o neto do homenageado, o radialista Alexandre Laet, fez uma pequena explanação da vida do avô que recebeu a honraria de Sócio Honorário do novo Clube, a filha Simoni Laet ainda agradeceu em nome da família.

Mundico Laet em reunião do primeiro Rotary Club na década de 1970;

Mundico fez parte da fundação do primeiro Rotary Club de Sertânia em 1969, onde exercia a função de Diretor de Protocolo, ao lado de grandes nomes da nossa sociedade como José de Souza Leal (presidente), José Etelvino Lins (vice-presidente), Natalício Isídio Soares (2º vice-presidente), Sebastião Ferreira de Brito (1º secretário), Fernando Morais (2º secretário), José Gomes da Silva (1º tesoureiro), Severino Ferreira dos Santos (2º tesoureiro), José Dias Araújo (diretor de serviços internos), Airton Teódulo da Silva (diretor de serviços a comunidade), Arlindo Ferreira dos Santos (diretor de serviços internacionais), João Alexandre da Silva ( diretor de serviços profissionais), Francisco Dias Araújo (vice direto de protocolo) e Luiz da Silva Dodô (boletim).

Raimundo Sá Laet Cavalcanti é a história viva de Sertânia, nasceu no centenário da independência do Brasil em 7 de setembro de 1922 e é autor do livro “De Uma História de Amor Nasceu Sertânia” onde relata fatos da história do município desde quando se chamava Alagoa de Baixo.

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

 
Scroll To Top